sexta-feira, 24 de setembro de 2021
Colunistas / Esportes
Zé de Jesus Barrêto

BAHIA PERDE PARA SP COM GOL NO FINAL E VITÓRIA EMPATA EM ARACAJU

Os times baianos nas Séries A e B dos Campeonatos Brasileiros da primeira e segunda divisões
10/07/2021 às 23:05
    O Bahia segurou até os minutos de acréscimos, suportando bem a pressão do São Paulo no Morumbi, mas num escorregão, num vacilo, levou o gol aos 47 minutos, de cabeça (1 x 0) e deixou escapar um pontinho importante. Continua com 17 pontos, em 6º lugar, mas a rodada segue. 

 Em Sergipe, o Vitória empatou outra, 1x 1, contra o Confiança, sem jogar bem. Mas o pontinho ganho foi suficiente para o Leão pular fora da zona do desespero, com 8 pontos ganhos.   
*
 No Morumbi 
 Clássico de tricolores. No Bahia, as ausências do zagueiro Juninho (que deve estar saindo do clube) e do meia Daniel. Estreia do zagueiro Ligger e um meio campo com três apoiadores – Jonas, Patrick e Thaciano. Os paulistas de branco e os baianos com camiseta listrada, tricolor. 

  O São Paulo começou todo postado no campo ofensivo, atacando com muitos jogadores, em alta rotação, sufocando, dificultando a saída de bola da defensiva baiana. Os paulistas eram os donos da bola, mas ... 

 - Aos 12’, no primeiro ataque do Bahia, após um cochilo da zaga/goleirão paulista, Patrick livre recebeu de Gilberto, arrematou e Diego Costa salvou de cabeça em cima de linha, já sem goleiro. Aos 15’, Rossi (de cabelo descolorido) evoluiu pela direita e Thaciano encheu o pé, defesa do goleiro Volpi. O São Paulo avançado, o Bahia no contragolpe, explorando velocidade. Aos 30’, Reinaldo trivelou da entrada da área, forte, passou perto, assustando.

 O tricolor paulista tinha mais posse de bola, impunha ritmo,  rondava, mas o Bahia suportava bem e saía com perigo nos contragolpes. Aos 37’, Pablo tentou cruzado, Mateus Teixeira pegou no chão. Aos 41’, Thaciano encheu o pé de fora, acertou o travessão de Volpi, já batido.

  No primeiro tempo, o São Paulo teve a bola, o Bahia desfrutou das melhores chances, mas o gol não saiu.  
*
  Os paulistas voltaram da merenda sem dar refresco, apertando o cerco, tomando as iniciativas. O mesmo desenho da fase inicial. Jogo corrido e aberto. O Bahia só no contra-ataque, sem encaixe, acuado. Aos 13’, boa trama paulista, Sara disparou e encobriu o travessão. Crespo mudou: Galeano, mais rápido e buliçoso, no lugar de Pablo. Até os 15’, o Bahia não conseguiu nada, só se defendia. Rodriguinho e Rossi fora do ar, sem ver bola. 

 Galdezani e Thonny Anderson substituem Rodriguinho e Patrick, aos 30’. Depois Lucas Araújo no lugar de Jonas.  Aos 35’, Marquinhos, cara a cara, Mateus Teixeira salvou, arrojado. Aos 37’, Maicon Douglas e Ruiz em campo; saem Rossi e Gilberto, que apenas lutaram e pouco produziram.  Haja pressão ! 
  Aos 42’, enfim, o Bahia fez boa trama, Matheus Bahia varou pela esquerda, cruzou rasante, a bola varou a pequena área, ninguém chegou. 

 - Gol ! 1 x 0 , Lisiero, de cabeça, aos 47 minutos. Um escorregão no meio campo, a defesa aberta, uma grande defesa de Mateus, cruzamento de Reinaldo e Liziero cabeceou livre na pequena área, talvez na única cochilada da defesa baiana. E foi só.

  Futebol ingrato. Não pode levar gol nos acréscimos.  
*
Destaques   

Grande jogo do goleiro Mateus Teixeira, boas defesas; Luis Otávio firme, Ligger estreou bem. 
 No São Paulo, Leo e Arboleda ganharam todas, Reinaldo fez a diferença, de novo.
*
  Escalações 

 - São Paulo: Volpi, Diego  Costa, Arboleda, Leo; Igor Vinícius (Martinez), Lisiero, Gabriel Sara, Talles e Reinaldo; Victor Bueno e Pablo (Galeano, Marquinho e Igor Gomes).  Treinador, Crespo.
 - Bahia : Mateus Teixeira, Nino, Luis Otávio, Ligger e Mateus Bahia; Patrick, Jonas e Thaciano; Rossi, Gilberto e Rodriguinho.  Treinador, Dado Cavalcanti.

 Arbitragem carioca, com Marcelo de Lima Henrique no apito, com VAR. 
*
  Próximo jogo do Bahia é contra o Flamengo, em Pituaçu, no próximo fim de semana. 
*
  Outros jogos da rodada no sábado:
  - Palmeiras 3 x 2 Santos; Grêmio 0 x 0 Internacional; Athlético PR 2 x 2 RB Bragantino;
     América MG 0 x 1 Atlético MG; Sport 1 x 2 Fluminense.  
**
 Em Aracaju 

- Logo aos 5’, Daniel Penha (ex-Bahia), na primeira investida do time sergipano, abriu o placar, 1 x 0, completando de cabeça na pequena área um cruzamento lateral, a zaga rubro-negra apreciando, João Victor furou e Wallace cochilou. 

  O Leão foi pra cima. Aos  15’, Fernando Neto  e Dinei perderam na sequência a chance do empate, após rebote do goleiro Rafael. Aos 25’, Neto desperdiçou outra chance de empatar.

 O empate saiu em um chutaço de canhota do meia uruguaio Pablo Siles, da meia lua da área, aos 35 minutos, acertou o canto: 1 x 1. 
 *
 O Leão voltou mais encolhido e os sergipanos mais confiantes. Aos 10’, Gustavo acertou o travessão de Ronaldo, quase o aconteceu desempate. Aos 18’, Ronaldo salvou outra, defesaça!  Pablo, o autor do gol, expulso aos 30 minutos, após uma falta cometida. Os rubro-negros contestaram.  

 O Confiança apertou, o Leão segurou o empate. Ronaldo, destaque. 

*
Escalações 

- Confiança: Rafael, Marcelinho, Isaac, Barrero, Luciano; Renan, Gilberto, Penha e Italo Melo (Gustavo); Hernane (Alex) e Berola. 

 - Vitória : Ronaldo, Cedric, João Victor, Wallace e Pedrinho; João Pedro, Pablo, Fernando Neto e Bruno; David e Dinei (Catatau, Soares, Gabriel Bispo, Guilherme, Heron). Treinador, Ramon Menezes.    
No apito, Paulo Henrique (Mato Grosso do Sul), sem VAR.
*
  Próximo jogo do Leão, dia 13, terça, contra o Sampaio Correa, no Barradão, às 21h30.