sexta-feira, 17 de setembro de 2021
Bahia

ESCOLAS RECEBEM DOIS MILHÕES DE MÁSCARAS PARA DISTRIBUIÇÃO

Escolas recebem dois milhões de máscaras para distribuição aos estudantes no ensino híbrido
Ascom Educação , Lauro de Freitas | 24/07/2021 às 17:56
Escolas recebem dois milhões de máscaras para distribuição
Foto: Divulgação

Mais de dois milhões de máscaras de proteção individual foram entregues às escolas da rede estadual de ensino para a distribuição aos estudantes, nesta segunda fase do ano letivo continuum 2020/21, que começa nesta segunda-feira (26), exclusivamente, para os estudantes do Ensino Médio e suas diferentes ofertas e modalidades. As máscaras foram adquiridas em parceria com a Secretaria de Planejamento do Estado (SEPLAN) e mais 1,8 milhão de máscaras serão adquiridas, com o investimento de R$ 5,1 milhões para ampliar a distribuição por aluno. O objetivo é reforçar ainda mais a segurança de toda a comunidade escolar neste novo momento de aulas semipresenciais. 

O  superintendente de Planejamento Operacional da Rede Escolar, Manoel Calazans, ressaltou que além das máscaras, as escolas estaduais receberam recursos para a compra de materiais e adequação aos protocolos sanitários estabelecidos. "As escolas estaduais receberam equipamentos de biossegurança com destaque para as máscaras que, após a pandemia da Covid-19, tornou-se de uso obrigatório no convívio social. As merendeiras e equipes de apoio também receberam Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). A palavra de ordem é reforçar a higienização de todos os espaços", afirmou. 

Além do uso obrigatório de máscaras no ambiente escolar, o protocolo sanitário para as aulas semipresenciais também estabelece outras medidas, como aferição da temperatura na entrada da escola, uso de álcool em gel, e distanciamento entre as pessoas. Os protocolos estão disponíveis para consulta no endereço https://bit.ly/3eRUiNS.

Para esta nova fase, as salas deverão ter 50% de ocupação da capacidade por vez. Cada turma de estudantes será dividida em duas. Uma turma de A a I, na primeira semana. A outra turma de J a Z, na segunda semana e, depois disso, haverá alternância dos dias para os alunos. A unidade escolar poderá fazer o ajuste relacionado a esta escala conforme a realidade de cada turma e em função de outro critério que a unidade escolar considere relevante. As aulas do Fundamental nas diferentes modalidades e ofertas serão iniciadas no dia 9 de agosto.