sexta-feira, 22 de outubro de 2021
Colunistas / Esportes
Zé de Jesus Barrêto

FLAMENGO JÁ É CAMPEÃO E O BAHIA PERDE MAIS UMA

Bahia perde a chance de ir a Libertadores das América
24/11/2019 às 12:01
 O Grêmio venceu o Palmeiras ( 2 x 1 ) em São Paulo e assim entregou o título de Campeão Brasileiro 2019, antecipadamente, ao Flamengo, com a torcida rubro-negra ainda comemorando nas ruas do Rio o título de Campeão da Libertadores da América. É muita festa. 
*
  O Bahia perdeu outra, dessa vez para o Goiás, em Goiânia, num jogo de sete gols (4 x 3) e muitos erros defensivos da equipe baiana, que chega a oito jogos sem saber o que é um triunfo. O que está acontecendo?   Em 12 minutos de jogo o Goiás já vencia de 2 x 0 e amassava o Tricolor, que só foi acordar um pouco na segunda etapa. Chegou a equilibrar, mas a defesa entregou a rapadura. 
*
  Com o resultado, o Goiás ultrapassou o Bahia, foi a 46 pontos. O Bahia emperrou nos 44 pontos e está em 10 º.       
*
  Chuva e gols 
 - Estádio Serra Dourada, Goiânia, ar seco, tarde amena. Bahia de camiseta branca e o Goiás de azul-esverdeado (ou seria verde-azulado?). Público apenas razoável. Relvado linheiro.   
 - As duas equipes bem próximas na tabela de classificação e ambas com esperanças de ainda pongar numa vaga para a Libertadores; até porque, com o título do Flamengo Campeão da Libertadores/2019, a zona de classificação agora é Z-8, oito classificam-se.
  Jogo deveria ser pegado, pois, e com muitos gols. 
*
 Com a bola rolando ... 
- O Goiás entrou mais ligado. O tricolor aéreo, lento, sem pegada.
 - Olhe o VAR !   Rafael Moura marcou de cabeça, aos 8 minutos, o bandeira levantou o bastão de impedimento, mas ...   depois de alguns minutos de conferência, o árbitro de vídeo confirmou o gol. Vacilo coletivo da defesa baiana, inclusive do goleiro. 
  - Gol ! 1 x 0 Goiás, Rafael Moura, escorando livre na pequena área cruzamento de linha de fundo, da direita, com Douglas à toa, e a defensiva parada. 
  - Gol ! 2 x 0 Goiás ! Arrancada pela direita, Moisés batido na velocidade, cruzamento para trás e Michael, livre, nas imediações da marca do pênalti, bateu colocado e rasteiro, ampliando. Aos 11 minutos.  João Pedro espiando apenas. 
  - Só dava Goiás em campo, voando.  E um Bahia sonado, com o freio de mão puxado, desfibrado. Com 25 minutos, começou a chover. Será que o time acordaria? 
  - Aos 27’, bola no braço de um defensor do Goiás (Sanches), dentro da área, os baianos pediram pênalti mas o árbitro nem tchum, assumiu. As imagens mostraram que houve o pênalti.
 - Aos poucos, o Tricolor foi equilibrando as ações, chegando mais ao ataque, mas não finalizava, não ameaçava o gol adversário. Aos 32’, imprimindo velocidade pela esquerda, o Goiás chegou trocando passes e Thalles bateu da meia lua, solto, e acertou o travessão de Douglas, batido.
 - Aos 38’, Michael recebeu nas costas de João Pedro, pela esquerda, chamou Wanderson pra dançar e disparou forte para a rebatida de Douglas. O time da casa chegava fácil e finalizava. Os visitantes apáticos, sem apetite.  
*
 Explorando os lados em alta velocidade, o Goiás  fez dois gols e dominou as ações na maior parte do tempo, impondo-se em casa, chegando fácil na área dos baianos, à vontade na primeira etapa. Do outro lado, um Bahia opaco, errando muito e sem fibra. 
*
- Nos vestiários, Roger Machado tirou o apagado Lucca, meio-campista, e lançou Guerra. Um Goiás já sem pressa e o Bahia teimando em errar passes, mesmo demonstrando um pouco mais de vontade. Haja chuva. 
 - Aos  5’, Élber arrancou pela direita, invadiu a área livre e rolou para Guerra ... que demorou de decidir e  já chutou travado, perdendo boa chance de diminuir o placar.
 - Gol ! Bahia  2 x 1, Gilberto. Recebeu uma ótima enfiada rasteira, pelo meio da zaga, encarou  o goleiro e desviou bem, diminuindo, pondo o Bahia de volta ao jogo, agora mais aceso. Aos 13  minutos.
 - Aos 16’, Roger colocou Nino Paraíba na lateral direita, deslocou João Pedro para o meio campo e tirou Ronaldo, que abusou de errar passes bobos. Aos 17’, Élber rolou na área para Guerra, que furou na finalização (arre!).  Não faz ... 
 - Gol ! Goiás, 3 x 1. Gilberto Jr, bola alçada em cobrança de falta, desvio de cabeça, Douglas adiantado e encoberto. Gol bobo. Aos 19.   
   Uma ducha gelada, quando o Bahia parecia ter entrado na disputa.
 - Gol ! 3 x 2,  Bahia !  aos 31 minutos. João Pedro arriscou de longe, rasteiro, e acertou o cantinho. Vai dar?    Ora, não demorou muito e ... 
  - Gol ! Aos 33’, 4 x 2 Goiás.  Um cruzamento da direita, a zaga baiana desarrumada, cochilou e Marrone entrou do lado oposto, livre, completando, nas costas de Nino.  
  - O Bahia até que brigou na frente, tentando no sufoco. Nino Paraíba disparou de longe, aos 37’, a um palmo do ângulo. O Goiás ia gastando  o tempo... e o Tricolor pelejando.
 - Gol ! Bahia 4 x 3, aos 45 minutos.  Fernandão, após pressão tricolor e um belo passe de calcanhar de Gregore, que dividiu com o goleiro. Fernandão conferiu.  E foi só, não deu mais tempo pra nada. 
  O Bahia melhorou muito no segundo tempo, mas não o suficiente para merecer o triunfo. 
*
Destaques
O goleiro Douglas levou gols que comprometem; João Pedro ( a despeito do gol) e Ronaldo decepcionantes, erram muitos passes; João Pedro ainda fez um gol, menos mal. Que dizer de um miolo de zaga que toma quatro gols? Moisés foi acordar um pouco na segunda etapa. Gregore, o melhor do meio campo, pela luta. Gilberto e Fernandão marcaram, e só.  O melhor do Tricolor, quem mais jogou foi Élber, correndo, criando.  Artur Caike não apareceu e Guerra ...  não existe.
 *
Ficha Técnica 
- Goiás : - Tadeu, Yago, Fábio Sanches, Rafael Vaz, Hermes; Gilberto, Leo Senna, Thalles (Marrone);  Michael (Rafinha), Rafael Moura e Barcia (Kaio). Treinador, Ney Franco. 
- Bahia : - Douglas, João Pedro, Wanderson, Juninho e Moisés; Gregore, Ronaldo (Nino) e Lucca (Guerra); Elber, Gilberto e Artur Caíke. Treinador, Roger Machado.
 No apito, o mineiro Ricardo Marques Ribeiro, com VAR. Posudo, sem comprometer. 
**
 Pela rodada 35, o Bahia recebe o Galo, o Atlético MG na Fonte Nova, quarta-feira, 27, às 19h15.   Guerra e João Pedro de fora, punidos com cartões.
**
 Outros jogos da rodada 34  
-  Flamengo 4 x 4 Vasco da Gama; Santos 4 x 1 Cruzeiro.
- Atlético MG 0 x 1 Athlético PR; Palmeiras 1 x 2 Grêmio. 
- 18 h : - Botafogo 0 x 0 Corínthians. 
- 19 h : - Internacional x Fortaleza; Ceará x São Paulo; Avaí x Chapecoense. 
- Na segunda-feira, 20h : - CSA x Fluminense.