ter�a-feira, 19 de outubro de 2021
Saúde

SEMANA DO ALEITAMENTO MATERNO COMEÇA SEGUNDA COM VIDEOCONFERÊNCIA

A Campanha Global da SMAM é coordenada pela Aliança Mundial para Ação em Amamentação (WABA), com o objetivo de dar visibilidade à amamentação.
Tasso Franco , da redação em Salvador | 01/08/2021 às 18:15
Campanha global
Foto: SESAB
   Para marcar a passagem da 31ª Semana Mundial de Amamentação (SMAM) e o Agosto Dourado, que acontece todos os anos na primeira semana de agosto, unidades da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) vão desenvolver diversas atividades educativas alusivas ao tema, ressaltando a importância do ato de amamentar. Esse ano o tema é “Proteger a Amamentação: Uma Responsabilidade de Todos”.

A Campanha Global da SMAM é coordenada pela Aliança Mundial para Ação em Amamentação (WABA), com o objetivo de dar visibilidade à amamentação. Em 1990, num encontro da Organização Mundial de Saúde com a UNICEF, foi gerado um documento conhecido como “Declaração de Innocenti” e desde então, a Semana vem sendo comemorada em mais de 170 países, sendo escolhido, a cada ano, um tema relevante para servir de mote para as diversas atividades.

Na Bahia, a Semana Mundial de Aleitamento terá como ação de destaque a implantação, pela Secretaria da Saúde do Estado, da 1ª Sala de Apoio à Mulher Trabalhadora que Amamenta, no próximo dia 2 de agosto, às 9 horas. O espaço, no subsolo da Sesab, tem como objetivo proporcionar às mulheres trabalhadoras do nível central que elas consigam cumprir a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde (MS) de amamentar por 2 anos ou mais, sendo exclusivamente no peito nos 6 primeiros meses, disponibilizando um ambiente acolhedor e adequado à coleta e ao armazenamento do leite, para que ele seja oferecido posteriormente ao seu filho com segurança e qualidade.

No Brasil, o Ministério da Saúde coordena a SMAM, que tem como objetivos principais informar as pessoas sobre a importância de proteger e apoiar a amamentação como uma responsabilidade vital de saúde pública; fazer uma articulação com indivíduos e organizações para maior impacto e potencializar ações para proteger o aleitamento materno.

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), por meio da diretoria de Gestão do Cuidado, vem priorizando as ações de apoio, incentivo e fortalecimento do aleitamento materno através da ampliação da rede de Banco de Leite Humano, qualificação dos profissionais de saúde, apoio ao Comitê Estadual de Aleitamento Materno, entre outras. Técnicos da diretoria de Gestão do Cuidado ressaltam que o aleitamento materno é o melhor e mais completo alimento, que protege a criança de doenças como diarreia, infecções respiratórias e alergias. Além disso, reduz o risco de a criança desenvolver hipertensão, colesterol alto, diabetes, sobrepeso e obesidade na vida adulta.

Bancos de Leite

O estado possui oito Bancos de Leite Humano (BLH), sendo quatro em Salvador (Maternidade Climério de Oliveira, IPERBA, Hospital Geral Roberto Santos e Maternidade de Referência Professor José Maria de Magalhães Netto), dois em Feira de Santana (Hospital Estadual da Criança e Hospital Municipal Inácia Pinto dos Santos), um em Itabuna (Hospital Manoel Novaes) e um em Vitória da Conquista (Hospital Municipal Esaú Matos), além de um Posto de Coleta de Leite Humano (PCLH), na Maternidade Tsylla Balbino, em Salvador. Em breve, será implantado mais um Banco de Leite Humano, em Salvador na Maternidade Maria da Conceição de Jesus, inaugurada recentemente.

Como incentivo ao aleitamento materno, em 2020 foram realizados 5.212 atendimentos em grupo, 44.622 atendimentos individuais e 8.184 visitas domiciliares, executando atividades especializadas de proteção, promoção e apoio ao aleitamento materno, realização de atividades de coleta de produção láctea da nutriz, seleção, classificação, processamento, controle de qualidade e distribuição do leite materno. No mesmo ano, foi registrada a doação de leite humano por 6.082 doadoras, perfazendo um total de 4.842 litros de leite humano coletado. Destes, 3.635 foram distribuídos suprindo a necessidade de 5.175 recém-nascidos. Além de ofertar um serviço de qualidade, os bancos de leite fomentam ações de promoção e proteção da saúde.

Programação

A abertura oficial da 31ª SMAM será no próximo dia 2 de agosto, de 15 às 17h, com o Webnário sobre o tema da semana – “Proteger a Amamentação – Uma Responsabilidade de Todos”. No Hospital Estadual da Criança, em Feira de Santana, as atividades serão desenvolvidas entre os dias 2 e 6 de agosto, com palestras e ações educativas. No mesmo período, com o tema “Agosto Dourado: Amamentar vele ouro!”, no Hospital do Oeste serão distribuídos laços dourados, e realizado um café da manhã para as mães, entre outras atividades.

No Hospital Esaú Matos, em Vitória da Conquista, entre outras ações, haverá um “Mamaço Musical” e entrega de certificados às mães doadoras de leite humano. Roda de Conversa, distribuição de material educativo fixação de cartazes integram a programação da Maternidade Albert Sabin, enquanto na Maternidade José Maria de Magalhães Netto também vão ser realizadas diversas palestras e atividades educativas em Sala de Ordenha do Leite Humano. Palestras, Oficinas de Amamentação sem Stress e Roda de Conversa integram a programa do Hospital Regional Deputado Luiz Eduardo Magalhães.

No Hospital Manoel Novaes, em Itabuna, as atividades incluem ações internas nas unidades assistenciais e divulgação de informes institucionais. Atividades também serão realizadas no Hospital Inácia Pinto dos Santos, em Feira de Santana.