ter�a-feira, 07 de dezembro de 2021
Colunistas / A Boa Mesa
Dom Franquito

DOM FRANQUITO COME TOURNEDOS NO LA VITROLA ONDE OBAMA NÃO PODE IR

LA VITROLA RESTAURANT, Centro Histórico de Cartagena, Colombia
17/08/2012 às 12:01
Foto: BJÁ
Tournedos de Bangrus a la parrilla com pimientos e batatas fritas do La Vitrola
   Dizem em Cartagena que o presidente Barack Obama durante a Cumbre, em abril último, só não jantou no La Vitrola, considerado um dos melhores restaurantes do centro histórico, porque o Departamento de Estado para Segurança na paranóia de acontecer um atentado terroristas não teria permitido.

   Aliás, o que se comenta nesta cidade é que Obama sequer provou a comida de Cartagena quando acá esteve e só se serviu das iguarias trazidas dos Estados Unidos, inclusive os cozinheiros e mâitres da Casa Branca.

   Yo, com a permissão do Departamento de Estado da Bahia e as ordens del coronel Cristobam Rios, como não estava ameaçado por una bomba, e muito menos la señora Bião de Jesus, mi companheira, que és una persona de paz y amor, fuimos ao La Vitrola e gostamos bastante.

   Só não foi melhor porque esses momentos passam como os ventos de Floripa, numa rapidez assustadora.

    Pero, enquanto estivemos no La Vitrola, belíssimo restaurante da Calle Baloco, como o próprio nome induz decorado com virtolas antigas, gira-discos com aquelas enormes bocas de autofalantes, desfrutamos do bom e do melhor, de inicial una rodada de ceviche misto posta à nossa disposição pela simpática garçonete Gielsi e unas cervezas geladas porque en Cartagena, el calor és abrasador.
 
   La Vitrola é um restaurante de argentinos, muito bem decorado, instalado num casarão estilo espanhol com discrestas arcadas e balcões e uma entrada por porta que mais parece o ingresso num convento.

   Música ambiente de primeira qualidade, garçons super atenciosos e uma comida de primeira gula. Não é à toda quje se aponta como um dos melhores restaurantes de Cartagena, senão o melhor.

   Depois do ceviche com pulpo marinado e aceite de oliva, à moda peruana, la señora Bião optou por um Arroz Meloso de Camarão y lagosta al cilanto com sauvignon blanc, y yo un Tournedos de Bangrus a la parrilla en costra de pimenta, sal e azúcar, que vem a ser una carne argentina de fino paladar, un bife da parte mais estreita do lombo da vaca.

   O nome deriva das palavras francesas tourner (virar) e dos (costas). Existem inúmeras guarnições e acompanhamentos. A mais famosa é a de Giocchino Rossini
e é composta por fígado de ganso, pasta de fígado (foie gras) deganso e trufas.

   Bien, yo fue na sugestão de La Vitrola a la parrila (passado em grelhas móveis) de corte magro da vaca de raça Bangrus en costra de pimenta e achei uma delicia.

   Diria que, quem vai a Cartagena, deve passar no La Vitrola. Os preços não são assustadores. Mais baratos do que no Brasil.
--------------------------------------------------
La Vitrola Restaurant
Cartagena, Colombia, centro histórico
Calle Baloco 2 -01
Fone 660 0711 cel 315 664 9676
É bom fazer reserva
Preço do prato média 45.000 pesos (R$52,00)
Cerveza long net 9.000 pesos (R$10.40)
Aceita todos cartões internacionais
Pode-se pagar em dólar 1.700 pesos vale 1 dólar