quarta-feira, 08 de dezembro de 2021
Colunistas / A Boa Mesa
Dom Franquito

DOM FRANQUITO TEM RECAIDA E CAI DE BOCA NA MOQUECA CAMARÃO COM OSTRA

Restaurante Recanto da Lua fica localizado na Pedra Furada do Monte Serrat, SSA
28/05/2012 às 09:03

Foto: BJÁ
Moqueca de camarão com ostra do Recanto da Lua Cheia, Pedra Furada, SSA
A Pedra Furada é um dos locais mais bonitos de Salvador, na Cidade-Baixa. Também não venham me dizer que é a Rivieira Franco-Baiana que não dá. No máximo um cantinho do mar visto de cima, o fundo da Baía de Todos os Santos contornando a Ponta do Humaitá com as palmeiras do Monte Serrat à vista.

   Da varanda do Recanto da Lua Cheia tem-se essa paisagem à contemplação. Uma maravilha. No rés-chão a Pedra Furada é como a mairoa dos locais da Cidade-Baixa: falta d'água, lixo aqui e acolá, entulhos em pontos esparsos e uma poética rústica onde se misturam os nativos locais, oficinas, salões de beleza, pescadores e tendas de bom comer, desde o Marujo, mais antigo do local, ao Lua Cheia que já completou 15 lustros.

   A Pedra Fura fica entre o Bonfim e o Monte Serrat numa rua que se toma à direita da Sagrada Família, vindo-se do adro do Bonfim; ou a esquerda desta casa de saúde, na trilha a partir da Boa Viagem. O Monte Serrat tem uma história incrível em Salvador e que a baianada desconhece.

   Na ocupação espanhola no Brasil durante 60 anos, quando a Espanha dominou a Peninsula Ibérica e subjulgou Portugal, época de Felipe II, este nomeou para a Bahia como governador Francisco de Souza, em 1590, o qual trouxe consigo uma imagem de Nossa Senhora do Monteserrat, padroeira da Catalunha e edificou uma igreja na Ponta de Humaitá.

  Acometido por uma eresipela, o governador se socorreu com a santa em orações, mas, como não havia penicilina nessa época, bateu as botas. A igrejinha ainda existe, mas, o culto a essa santa em Salvador é diminuto e uma parte do morro onde se encontra a Pedra Furada e adjacências trata-se do bairro do Monte Serrat. É uma confusão porque os limites entre o Monte Serrat, a Boa Viagem e o Bonfim se mesclam.

  Não importa para nós esses limites territoriais, pois, estivemos no Recanto da Lua Cheia, digo nós porque estávamos em familia, eu, a nobre senhora Bião de Jesus e Agapito, o Deus do Amor, nesse belissimo local da boa mesa, para encontro com uma moqueca de camarão com ostra a serviço do garçom Rogério.

  Olha! só a vista do mar da Baía de Todos os Santos já paga o ingresso. Vê-se da varanda do Lua Cheia o casario da cidade de Itaparica, contornos da Ilha do Medo e o fundo da Baía na direção de Madre de Deus, além de parte da cidade da Bahia com a Ponta do Humaitá à sua frente.

  E o que dizer da moqueca de camarão com ostra, o principal da festa: uma delicia. Textura perfeita, as ostras miudinhas e bem temperadas com coentro e cebolinha, e camarões graúdos à vista como as naus de Caminha, e não aqueles camarões que precisam ser pescados com lupas.

  Antes, como a turma estava com bom apetite, rolaram porções de bolinhos de bacalhau e cervejotas Original, da melhor qualidade. Aberto o apetite, os camarões e as ostras ocuparam a mesa e as nossas mentes, pouco se apreciando as possíveis baleias que poderiam atravessar a Baía, e mais concentrado no apetitoso prato.

  A Pedra Furada é lugar indispensável para quem gosta da boa mesa. Lá tem vários restaurantes, mas, nossa dica de hoje vai para o Lua Cheia, sem lobisomem de Serrinha à vista porque era dia.

---------------------------------------
Restaurante Recanto da Lua Cheia
Rua Rio Negro, 2 (Ladeira da Pedra Furada)
Monte Serrat, Salvador, Bahia
Fone 3315.1277
www.recantodaluacheia.com.br
De 4ªs a sábados, 11 às 23h
Domingos e feriados das 11h às 17h30min
Não tem manobrista. Estaciona-se na rua.
Média de preço da moqueca para dois R$56,00
Cerveja Original R$9,00
Aceita todos os cartões
Ambiente arejado sem ar condicionado