sexta-feira, 03 de dezembro de 2021
Colunistas / A Boa Mesa
Dom Franquito

DOM FRANQUITO PROVA CARNE DO SOL DE ITORORÓ EM POPULAR DA FENAGRO

Churrascaria Itororó, Fenagro, Parque de Exposições da Bahia, Salvador
01/12/2011 às 15:06
Foto: BJÁ
Filé de carne do sol de Itororó preparado na brasa com feijão, salada, aipim e arroz
   Amigo produtor rural convidou-me para comprar uns nelores na Fenagro e lá fomos nós nesta quinta-feira, 1/dez, achando que nosso dinheiro poderia adquirir uns tourinhos da Agropecuária Polyana, mas, qual nada, mal deu para tomarmos umas bramosas na Churrascaria Itororó, no âmbito da feira, e, passarmos a termo em garfos tortos um filé mingnon da famosa carne de sol de Itororó.

   Diria que o convite não partiu do nobre ex-deputado Eujácio Simões, criador respeitado e produtor se sêmen de nelore de boa cepa, diga-se, descendente de familia itororoense e bom de garfo, ainda que também ótimo em promessas para um peixe prometido numa barraca de Itapuã, até hoje a ser pescado, suponho, pois nunca esteve a pagar-me a dita promessa, e sim um camarada do Tucano que me levou a Fenagro.

   Fraquinha estava a feira de gente, talvez pelo horário, com muitos estudantes a fazer trabalhos escolares e posar ao lado dos bois e cavalos, ainda assim, encomendamos uns tourinhos para quando a nossa crise passar e preferimos ir à boa mesa, ainda que a carne de sol que nos foi servida estivesse além do ponto, a brasa castigando o seu melhor paladar.

  Mas, como diria aquele personagem do Zorra Total que usa o refrão "comigo é no popular", a carne de sol posta à nossa frente, sem a senhora Bião de Jesus a testemunhar e reivindicar uma porção de melhor qualidade, foi tipo popular, em restaurante popular, manteiga de garrafa e molho servidos em embalagens plásticas de mostarda, feijão em cumbuca, e aimpim com arroz em tigelinhas.

  Evidente que numa feira com cavalos, bois, éguas, caprinos e ovinos e mais aquele cherinho agradável do campo um barrinho aqui e acola nas cocheiras, tudo próximo do espetão de Itororó tivemos que espantar algumas mosquitas, nada, no entanto, que pudesse diminuir o nosso paladar. 

   Diria que não ficou itororó sobre pedra, literalmente, e mais não comemos porque o dever nos chamava a outros afazeres e também porque não foi a melhor carne do sol que já experimentamos. - Há melhores na Bahia do que esta servida na Fenagro, disse-me o amigo de mesa e prontamente concordei.

   No final da jornal nossa "farra" custou menos de 100 pilas e deu 50 reais para cada, valor inferior a uma orelha de um tido tourinho nelore.

   De lembrança, como o sol estava abrasador comprei um chapéu de abas curtas para proteger a minha cuca.

------------------------------------------ 
Churrascaria Itororó
Fenagro - Parque de Exposições da Bahia
Preço do filé de carne do sol R$70,00 - para duas pessoas
Aceita Visa
Entrada para Fenagro R$5,00
Estacionamento veículo R$10,00