sexta-feira, 03 de dezembro de 2021
Colunistas / A Boa Mesa
Dom Franquito

DOM FRANQUITO VAI À FORRA APÓS SEMANA E SABOREIA FILÉ DE PORCO

Restaurante Lider, Praça Inocêncio Galvão (Largo 2 de Julho), Salvador, Bahia
06/05/2011 às 11:01

Foto: BJÁ
 
   Depois das comemorações religiosas aos santos óleos, ao peixe e ao vinho, nada melhor do que pecar à mesa saudando os céus com um filé de porco bem passado, batatatas fritas, feijão tropeiro, azeite de oliva, tomate, cebola, limão e doses moderadas de Seleta ao som de uma sinfonia de Bohêmias.

   Mais do que isso é brindar o colesterol com surpresas e assinar a entrada direta aos céus, com licença de São Pedro; e/ou ao purgatório, com o beneplácito do frade Santo Antonio; ou, se quiseres, à morada do Demo, com a acessibilidade do Pé de Botelho.
 
   E onde se come um filé de porco bem passado, a preço módico, apenas 28 pilas, ainda curtindo uma das áreas mais populares e glamurosas de Salvador?

  Claro, meu nobre leitor; minha querida leitora o local é no Líder, bar e restaurante que fica situado na Praça Inocêncio Galvão, mais conhecida como Largo 2 de Julho, em Salvador.

   Um lugar legal, que fica aberto nas madrugadas, que dá de tudo em ambientação descolada, de artistas à meninas que fazem ponto no Baixo Gomes; de travestis a executivos que atuam na Avenida Sete e que tem um atendimento primoroso, rápido, garçons ágeis, até um pouco diferente da melancolia baiana.

  Josias, que não o Pires; e Itamar, que não é o Franco são os garçons do dia, "the flash", apesar da simpatia do baixinho Josias pelo Bahia de Salvador, o que não deixa de ser um pecado capital, são ambos muito simpáticos. E, Leila, a garota que confere o cartão, admirável.

  O Líder é popular classe média diferente das casas de pasto da Rua da Forca e de outras tendas do Mocambinho e adjacências. Nada de coma a quilo, aquelas casas sem alma e sem pinga de boa qualidade. No Líder, a Seleta é servida no copinho olho de cego, e a comida à la carte.

  Evidente que, sendo um restaurante popular baiano e não um bistrô francês, na segunda-feira rola bisteca de porco e galinha caipira; na terça, filé a cavalo e ensopado de carneiro; na quarta, rabada e quiabada; na quinta, cozido e galinha ao molho pardo; e na sexta, xixim de galinha, sarapatel e bacalhau a Gomes de Sá. E, nos finais de semana, à gosto dos clientes, de mariscadas a filés.

   O Líder, para quem está com pouca grana e tem pesadelos quando come nas madrugadas, tem uns sandubas de fazer inveja aos americanos, em especial, os de pernil, pernil com queijo, lombo e Bauru. E a cervejota está sempre geladíssima com muitas marcas à venda.

  De minha parte, atendido por Itamar, que mais parece um árabe cristão novo desembarcado na Bahia, sem a companhia da senhora Bião de Jesus que estava a fazer cálculos contábeis da nossa fortuna, devorei um filé de porco, acima do ponto, bem passado, ainda tendo direito a molho lambão, sal e Seleta.

   - Itamar, socorro, gritei ao garçom para trazer um pudim de leite e encerrar a conta porque estava satisfeito além da conta. 

  - Conta! Admirou dona Leila: - É comigo mesmo. No débito ou no crédito?, perguntou. E, eu, esnobando, respondi, pode colocar no débito.

   Depois, andei meia hora nos arredores do Largo 2 de Julho, abandonado pela Prefeitura, comprei meia dúzia de pães na Padaria Bola Verde e fui embora para o Chame-Chame.

---------------------------------------- 
LÍDER - BAR E RESTAURANTE
Largo 2 de Julho, 32 Loja b
Edifício Emily - Centro de Salvador
Fone 71. 3321-8955
Média de preço do prato R$30,00
Média de preço do tira gosto R$10,00
Porções de bolinhos de bacalhau R$16,90
Aceita todos os cartões
Preço da pinga seleta (dose) R$3,50