sexta-feira, 03 de dezembro de 2021
Colunistas / A Boa Mesa
Dom Franquito

CUSCUZ MARROQUINO COM CORDEIRO DO AMIN É COISA PRA LA DE MARRAKECH

Restaurante Amin, rua Ronaldo de Carvalho, 55-C (Praça do Lido), Copacabana, Rio
20/08/2010 às 12:09

Foto: BJÁ
 
  Tudo o que é bom dura pouco. Minha curta temporada no Rio deixa saudades.

   Há tempo estou na Cidade da Bahia. Faz parte do show da vida e até me arrisquei a cenas de alpinismo doméstico no Vale do Capão, na Chapada Diamantina.

   Pra despedir-me do Rio, prometendo voltar assim que o nosso Rei Sol aumente a aposentadoria e nós velhinhos, a senhora Bião de Jesus, a qual tem seus traços árabes, nariz à la Mubarack, foi brindada com o típico cuscuz marroquino com cordeiro do Amir, uma deli de Copacabana que aos poucos se tornou restaurante e é considerado o "campeão dos campeões", na categoria melhor árabe do Rio.



   Tem sentido. Embora, o restaurante não esteja mais com o mesmo glamour de 2006/2008, ainda assim, o Amir tem uma ambientação que leva o cliente ao mundo árabe desde a decoração e motivos das arábias, a deliciosa comida.



  As saladas, então, são excelentes. Coalhada seca, berinjela frita, cebola, tomate e zaatar. Não tem errada. Pode pedir.

  Se preferir peça uma Fatouch - tomate, pepino, cebola, rabanete e torradas de pão árabe, temperadas com azeite de oliva, sumaac e melaço de romã. É uma boa entrada.



   Preferimos, no entanto, em família, uma rodada de quibes. Caem melhor com o chopinho. Menores do que os servidos na Cidade da Bahia nos restaurantes árabes e mais encorpados (os grandões daqui às vezes são fofos demais, se desmantelam e não tem bom sabor) valeram a pedida.



   Optamos, por sugestão do mâitre pelo cuscuz marroquino com cordeiro. Meus pequenos travessos por Mi Chui de Filé.



   Um banquete. Nem precisava tanto. Mas, já que estavam à mesa resolvemos nos distrair com eles.



   - Mais chopinhos, por favor - solicitei ao garçom.



   Demorou um pouco. Mas chegaram bem tirados. Com colarinhos à mostra.



   Fazer o que senão nos deliciarmos com o cordeiro. Hum! Ao gosto dos alatoiás, diria. Esses sacerdotes políticos comem bem. Não há dúvidas disso. E nós também ficamos muito satisfeitos com a comida árabe do Amir.



   É uma boa pedida para quem visita e o Rio e adora a comida árabe. De quebra, fica na Praça do Lido, em Copacabana, bem no meio da muvuca turístico-erótico-musical.



----------------------------------------------------

Restaurante Amir

Rua Ronald de Carvalho, 55 C (Praça do Lido)

De segunda a domingo das 12h às 24 horas

Fone 21. 2275.5596

http://www.amirrestaurante.com.br/

Aceita todos os cartões

Preço médio do prato R$35,00

Dança do ventre às sextas-feiras 21h30min
Lojinha no restaurante onde se pode comprar produtos árabes para à boa mesa