ter�a-feira, 26 de outubro de 2021
Colunistas / Cantinhos da Bahia
Agapito Paes

SEDE DA COLÔNIA DE BURAQUINHO: ONDE SE COMPRA PEIXE BARATO

Mais um cantinho da Bahia para você
03/05/2012 às 08:02

Foto: BJÁ
Cantinhos da Bahia: Peixaria da Associação dos Pescadores de Buraquinho
  Olha que maravilha este cantinho da Bahia que se situa na praia de Buraquinho, Lauro de Freitas, na confluência do Rio Joanes com o Oceâno Atlântico, mar aberto, a peixaria da colônia de pescadores ou da Associação dos Pescadores de Buraquinho. 

  A associação congrega 152 pescadores com 70 na ativa sob o comando de Jonas Tomás dos Santos, Sêo Tourão ou Touro, um pescador fortudo que mergulha todos os dias e é o líder da comunidade. Touro é uma personalidade simpática, papo de pescador, que conduz a associação como se fosse uma cooperativa. "Aqui todos têm parte e ninguém é dono de nada", diz.

  A turma vai pescar na jurisprudência da colônia, que vai de Vida Nova no alto Joanes até mar de Lauro, diariamente, e coloca a mercadoria na peixaria para os fregueses que chegam de Vilas, de Buraquinho, dos condomínios vizinhos e das barracas de frutos do mar do local.

  O peixe mais caro é o badejo e custa R$20,00 o quilo. A pescada amarela sai por R$17,00. O budião batata por R$10,00. A curvina por R$11,00. O olho de boi e a arancanguira por R$17,00. Vermelho também é R$17,00. O vermelho de fundo, quando tem, é um pouco mais caro a R$20,00.

  Há uma variedade enorme de pescado e muitos deles frescos, da hora. O peixe é pesado com tudo e tratado no local em bancas asseadas ao lado da peixaria. O freguês escolhe e o peixe cai na faca retirando vísceras e escamas.

  Pela manhã, logo cedo, quando os pescadores retornam do mar o movimento é intenso. Nos sábados e domingos também porque as barracas de Buraquinho funcionam a mil por hora.

   É isso. Se você quer comprar um bom peixe passe por lá. Ainda dá para tomar banho de mar e frequentar uma das tendas da praia de Buraquinho.