quarta-feira, 27 de outubro de 2021
Colunistas / Esportes
Zé de Jesus Barrêto

BRASILEIRÃO SÉRIE B; VITÓRIA ESTREIA COM EMPATE CONTRA GUARANI 1X1

Comenta ZédeJesusBarrêto é estreia do Leão na Série B
29/05/2021 às 08:46
  O Vitória foi melhor, sobretudo na segunda etapa, mas não conseguiu ir além de um empate (1 x 1) contra o Guarani, no Brinco da Princesa, interior paulista. O time baiano abriu o marcador, mas o Bugre igualou ainda na primeira etapa, bem equilibrada e bem jogada. No segundo tempo o jogo caiu, muitos chutões e passes errados, foram poucas as chances de gol, mas o Leão teve o domínio das ações, ganhando o meio campo, marcando bem e explorando a velocidade pelos lados do campo.  

 Empate justo, enfim, que satisfez os dois lados. Para o Vitória, um ponto ganho jogando no campo do adversário e numa estreia de competição, sempre nervosa. Para o Guarani, embora o torcedor do Bugre conte como dois pontinhos perdidos em casa, valeu o resultado pelo pouco que a equipe produziu no segundo tempo, sem forças, sem pernas, sem conseguir assustar os visitantes.  

  Bom lembrar que o Vitória foi o ‘rei’ dos empates na temporada passada. 
*
 Curiosidades

- Uma Série B pela primeira vez com a participação de cinco Campeões Brasileiros: Vasco da Gama (1974, 1989, 1997 e 2000), Botafogo (1968 e 1995), Cruzeiro (1966, 2003, 2013, 2014), Coritiba (1985) e o Guarani (1978).
 - Em 2019 e 2020 o Vitória lutou contra o rebaixamento para a Série C até a última rodada.

 - Na era da disputa por pontos corridos o Vitória conseguiu acesso da B para a Série A em 2007, 2012 e 2015. Esse é o objetivo maior desta temporada/2021.

 - A equipe de Rodrigo Chagas passou 20 dias só treinando para essa estreia e contratou reforços. É uma equipe jovem, brigona e veloz.     
*
Com bola rolando ...
 Começou bem equilibrado, mas o Leão Baiano chegou primeiro.

- Gol ! 1 x 0, Soares, aos 9 minutos. Foi o primeiro chute em gol da equipe baiana, mas que chutaço, de canhota !  Soares, da entrada da área, acertou a bochecha da rede, fazendo o primeiro gol da competição. O goleiro Rafael aceitou, não chegou nela.   

 O Guarani foi pra cima. Aos 11’, Sávio chutou tirando casquinha da trave; na sequência, Ronaldo salvou uma cabeçada certeira, espalmando a escanteio. 

  O Bugre tramava mais, trocando passes pelo meio; o Leão explorava contragolpes pelos lados e a velocidade dos jovens atacantes. Aos 18’, novamente Ronaldo apareceu, rebatendo um chute forte da entrada da área.  Aos 24’, foi a vez de Samuel exigir defesa elástica de Rafael.

 - Gol ! 1 x 1, aos 28 min. O Burgre entrou tabelando pelo meio e Andrigo achou o lateral Bidu livre na esquerda, dentro da área inimiga; o tiro saiu seco, forte, rasteiro, cruzado, empatando.  

Aos 36’, Soares fez uma bela jogada individual na frente da área bugrina, livrou-se da marcação, girou e bateu de canhota... a bola tirou lasquinha no ângulo de Rafael. Seria golaço ! Aos 39’, a resposta em alta voltagem de Davó rasgando pela esquerda e batendo firme, mas Ronaldo espalmou. Aos 41’, Soares achou David num ótimo cruzamento, a cabeçada passou rente ao poste do time da casa. Aos 42’, Rafael espalmou outra cabeçada perigosa.
*
Um primeiro tempo animado, corrido, intenso e bem jogado, bom de ver. Empate sem queixas, pelo equilíbrio das ações em campo.
*
  As equipes não voltaram da merenda com a mesma pegada. Muita disputa no meio campo, porém raras finalizações, goleiros com pouco trabalho. Marcação forte dos dois lados. 

  Aos 16’, Samuel arriscou de longe, passou perto. O Leão estava mais esperto, ganhando as disputas, sobrando fisicamente, superior no gramado.  O tempo passava e pouco acontecia na zona de perigo.  Aos 41’, num chutão da defesa, Regis ganhou da zaga baiana e entrou de cara, mas dividiu com Ronaldo, tentou encobri-lo e cobriu também a trave, perdeu a única chance do Burgre na etapa final.   

 Aos 44’, Pedrinho dividiu com força demasiada no meio campo, o pé muito alto no rosto do adversário, e foi expulso.   
*
Escalações 

- Guarani : Rafael, Pablo, Thales, Carlão e Bidu; Bruno Silva, índio e Andrigo (Rafael Costa); B. Sávio (Mateus), Davô (Silvestre) e Julio Cesar (Regis), mais Tony e Renanzinho. Treinador Daniel Paulista (estreando). 

- Vitória : Ronaldo, Raul Prata, Marcelo Alves, João Vitor e Pedrinho; Gabriel Bispo, João Pedro (Fernando Neto)  e Soares (Bruno); Guilherme (Catatau), Samuel (Granada) e David. Treinador, Rodrigo Chagas.

Arbitragem de Alagoas; no apito, Rafael Carlos Lima. Sem VAR e sem grandes problemas. 
*
 No meio da semana o Vitória recebe o Internacional (RS) no Barradão; primeiro confronto valendo classificação pela Copa do Brasil.  Tem volta lá em Porto Alegre. Sobra um. 
**

- Brasil de Pelotas 0 x 0 Londrina; Náutico x CSA, Vila Nova x Botafogo.
  No sábado: Vasco x Operário, Confiança x Cruzeiro, Coritiba x Avaí. 
  Domingo: Brusque x Ponte Preta.  Segunda: Sampaio Corrêa x Goiás. 

**
  Série A  
  O Bahia estreia neste sábado, 20 h, em Pituaçu, contra o Santos.