ter?a-feira, 22 de setembro de 2020
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

CORONAVIRUS: BRASIL TTEM 13 CASOS CONFIRMADOS E MONITORA 768 SUSPEITOS

Secretaria de Saúde do Município de Salvador orienta alunos sobre coronavirus
06/03/2020 às 11:13
  MIUDINHAS GLOBAIS:

   1. O Brasil tem 13 casos confirmados de coronavírus no país. Até esta sexta-feira (6), 768 casos suspeitos são monitorados pelo Ministério da Saúde. Os dados foram repassados pelas Secretarias Estaduais de Saúde. São 10 casos em São Paulo, um no Rio de Janeiro, um no Espírito Santo e mais um caso na Bahia. Até o momento, 480 casos foram descartados

   2. Atualmente, 36 países, além da China, são monitorados pelo Ministério da Saúde por apresentarem transmissão ativa do coronavírus. Com isso, os critérios para a definição de caso suspeito enquadram agora, as pessoas que apresentarem febre e mais um sintoma gripal, como tosse ou falta de ar e tiveram passagem pela Alemanha, Argélia, Austrália, Bélgica, Bielorrússia, Bósnia e Herzegovina, Canadá, Coreia do Norte, Coreia do Sul, Croácia, Dinamarca, Emirados Árabes Unidos, Equador, Espanha, Estados Unidos, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Indonésia, Irã, Israel, Itália, Japão, Líbano, Malásia, Noruega, Reino Unido, Romênia, San Marino, Singapura, Suécia, Suíça, Tailândia, Vietnã, além da China, nos últimos 14 dias.

   3. Até o momento, 480 casos suspeitos de coronavírus já foram descartados em todo o Brasil. Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar as mãos com água e sabão, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.

   4. Para manter a população informada a respeito do novo coronavírus, o Ministério da Saúde atualiza diariamente, os dados na Plataforma IVIS, com números de casos descartados e suspeitos, além das definições desses casos e eventuais mudanças que ocorrerem em relação a situação epidemiológica.

  5. Confira a página especial sobre o coronavírus.
                                                        ******

  6. A rede municipal de ensino de Salvador iniciou este mês uma mobilização para prevenção contra o coronavírus. A iniciativa tem como alvo todas as 433 escolas pertencentes à rede e envolve orientações sobre procedimentos de higienização, bem como sugestões de atividades pedagógicas que possam ser feitas nas unidades de educação e espaços coletivos.

   7. Com isso, as escolas podem, por exemplo, levar os alunos a produzirem cartazes e murais informativos sobre a doença, promover debates sobre fake news relacionadas ao contágio, uso de aplicativos para tirar dúvidas e obter informações, criação de boletim virtual ou gravação de vídeos pelos alunos, sob orientação dos professores, para circular na própria unidade de ensino.

   8. “As atividades feitas são correlacionadas com o conteúdo dado em sala previsto no currículo escolar, contextualizando com o coronavírus. Tudo é com base em orientações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde”, ressalta a coordenadora de Transversalidade da Secretaria Municipal de Educação (Smed), Jaqueline Araújo Barros.

   9. Na Escola Municipal Terezinha Vaz, no Barbalho, as crianças já fizeram um painel e estão recebendo orientações nas salas de aula sobre o coronavírus. A Cecy Andrade, em Fazenda Grande II, realizou uma panfletagem com orientações de higiene e cuidados em relação ao vírus, envolvendo a comunidade escolar e entorno, além de seminário interclasses. Já escola Doutor Otaviano Pimenta, em São Tomé de Paripe, será palco de uma feira de saúde entre os dias 13 a 17 deste mês.

   10. As escolas também foram recomendadas a adotar métodos de higienização de superfícies, como móveis e corrimãos, além de objetos compartilhados como teclados e materiais escolares.

   11. Com uma programação extensa de ações voltadas para o público feminino, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ), lança nesta segunda-feira (09), às 9h, no Teatro Gregório de Mattos, o programa Salvador Delas.

   12. A iniciativa envolve uma série de ações neste Mês das Mulheres, como o Salvador + Rosa, que atuará no cuidado com a saúde do público feminino, e o CIAMI Itinerante, que levará os serviços prestados nos Centros de Referência e Atendimento à Mulher (CRAMs) para diversas comunidades soteropolitanas.

   13. Na oportunidade, também será assinado o decreto que institui o Comitê Técnico de Enfrentamento à Violência Institucional contra Mulher. Além disso, em parceria com a Casa Civil e o Banco Mundial, será lançada a Cartilha de Enfrentamento à Violência Contra Mulher.
]
   14. A posse do presidente do Uruguai, Luis Lacalle Pou, no domingo, marcou o primeiro encontro do presidente Jair Bolsonaro com o rei Felipe VI, da Espanha. Lado a lado durante a cerimônia, os dois foram além dos cumprimentos formais. 

   15. Segundo fontes brasileiras, o monarca aproveitou para esclarecer sobre o encontro com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ocorrido três dias antes no Palácio Zarzuela, na residência oficial da realeza na Espanha.

   16. Felipe VI, de acordo com a versão de integrantes da comitiva brasileira no Uruguai, teria pedido desculpas pelo fato de a embaixada da Espanha no Brasil ter mencionado em publicação nas redes sociais que o parlamentarismo seria um dos temas da agenda com o presidente da Câmara. Procurada, a embaixada não se manifestou oficialmente. Informou apenas que não era possível checar o conteúdo da conversa.

   17. O Governo do Estado iniciou uma estratégia inovadora para formação de diretores escolares e coordenadores pedagógicos das redes estadual e municipais. O I Encontro de Formação de Formadores Territoriais começou nesta sexta-feira (6) e segue até sábado (7), no Instituto Anísio Teixeira (IAT), em Salvador. 

   18. A proposta faz parte do Plano de Formação Continuada Territorial da Secretaria de Educação do Estado e tem a participação de 128 formadores dos 27 Territórios de Identidade da Bahia. 

   19. A ação impacta diretamente em mais de um milhão de estudantes baianos, sendo 800 mil da rede estadual. Durante o evento será construída a pauta pedagógica que os formadores irão replicar junto aos educadores nas unidades de ensino. O processo de formação irá alcançar 6.719 educadores do Estado e municípios, englobando 386 cidades baianas. 

   20. De acordo com a diretora do IAT, Cybele Amado de Oliveira, serão realizados oito encontros até o fim do ano. “Há um esforço conjunto de diversos atores para que a formação continuada chegue também às redes municipais. Essa formação será realizada por três anos e acontecerá todos os meses. 

   21. Além dos professores e coordenadores da rede estadual, temos educadores das universidades estaduais que participam desse encontro. Durante a formação continuada, os formadores irão até os núcleos territoriais para trabalhar com os educadores em sala de aula e aplicando as estratégias que forem definidas”, explicou Cybele.