ter?a-feira, 22 de setembro de 2020
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

NUVENS POLÍTICAS APONTAM POSSIBILIDADE DE UMA NOVA CHAPA ROSA CHOQUE

As "nuvens" politicas estão carregadas em Salvador com a eleição que se aproxima na capital
22/02/2020 às 12:15
MIUDINHAS GLOBAIS:

   1. As deputadas Lidice da Mata (PSB) e Olivia Santana (PCdoB) mostraram durante abertura do Carnaval do Olodum, na Casa do Olodum, na noite da última sexta-feira, 21, que estão bastante entrosadas na política embora cada uma delas seja pré-candidata a prefeita da capital, em 2020. Seus partidos integram a base governista no Estado.

  2. O fato, no entanto, do governador Rui Costa (PT) manifestar intenção de apoiar um nome "out-sider" da política a major PM Denice Santiago como provável pré-candidata do PT alijando do circulo do seu apoio as deputadas fez com que, as parlamentares se reunissem para traçar novos rumos.

  3. No Carnaval, óbvio, que não é o momento para se tratar desse tema. Mas, como o governador também estava na Casa do Olodum e tratou as deputadas respeitosamente sem aquele entusiasmo político que se presencia entre aliados, e a major Denice ainda sem filiar-se ao PT também se encontrava no Olodum, algo que teria sido combinado, Lidice e Olivia estavam descontraídas, alegres e até posaram junto a defensores públicos para os fotógrafos. 

  4. Nada demais. Na política, no entanto, apenas sinais de 'nuvens" que se movimentam e estão atentas ao desenrolar dos acontecimentos.

  5. Só lembrando aos nobres leitores que na campaha a governador da Bahia de 1990 surgiu uma chapa intitulada "Rosa Choque", que teria sido ideia de Domingos Leonelli, bom marketeiro e ex-deputado conhecedor profundo da política baiana, formada por Lidice/Salete/Beth respectivamente candidatas a governador, vice e senadora. 

   6. O certo é que esta chapa foi um sucesso e quase leva a eleição tida como "favas contadas" para ACM a um segundo-turno. Por pouco isso não aconteceu. 

   7. As "nuvens" politicas estão no ar se movimentado e não se duvide na união dessas duas forças (Lidice/Olivia; Olivia/Lidice) na eleição municipal de 2020. Juntas, segundo as últimas pesquisas divulgas em Salvador, representam algo em torno de 20% dos votos.
                                                                    *****
  8. O comandante da 10ª Região Militar do Ceará, Fernando da Cunha Mattos, afirmou neste sábado (22) que o reforço que o Ceará recebeu das tropas federais foi "inicialmente insuficiente" para a Garantia da Lei e da Ordem durante o motim de policiais militares.

  9. Isso explica, segundo o comandante, o aumento no número de homicídios durante o motim dos policiais. Entre 6h da quarta-feira (19) e a manhã deste sábado, foram 88 homicídios no estado. Até antes do motim, o Ceará tinha uma média de seis assassinatos por dia.

  10. "A tropa está iniciando a sua presença agora, então os efetivos estavam inicialmente muito limitados, por isso o Comando do Nordeste enviou novas tropas, de quatro estados, pra dar um volume de tropa adequado para missão. Os meios inicialmente estavam insuficientes", afirmou Mattos.

  11. Com a aplicação da Garantia da Lei e da Ordem, o Exército assume o controle da Operação Mandacaru, como foi batizada a ação para garantir a segurança durante o motim de policiais militares. As equipes do Raio, Choque e Cotar – da Polícia Militar do Ceará – passam a responder às ordens do Exército durante a Operação Mandacaru.

  12. A disputa politica no Ilê AiYê. O governador Rui Costa (PT) diz que vai a Ladeira do Curuzu na abertura do Carnaval deste bloco afro, no bairro da Liberdade, e o governo apoiou o bloco e a festa da beleza negra. Pelo menos é o que diz uma nota da Secom Gov.

  13. O prefeito ACM Neto diz que não vai a festa no Curuzu, mas, quem apoiou o Ilê foi a PMS. Veja nota abaixo da Secom PMS:

  14. O mais belo dos belos inicia o Carnaval 2020 com o tradicional cortejo neste sábado (22), a partir das 20h. A famosa “Saída do Ilê”, no Curuzu, reúne um público numeroso de políticos e personalidades para a cerimônia religiosa presidida pela mãe de santo Hildelice Benta, ialorixá do Terreiro Ilê Axé Jitolu. Na terça-feira (25), o afro ganhará a avenida, desta vez com o ineditismo de desfilar sem cordas, no Circuito Osmar (Campo Grande), como parte da programação da Prefeitura.

   15. O bloco afro mais antigo do Brasil é uma das 110 entidades negras e indígenas contempladas com recursos e suporte da gestão pública municipal para realização de desfiles na folia de Momo deste ano. Além do Ilê, receberam investimentos municipais, por exemplo, blocos como o Malê Debalê, Muzenza, Ilê Ayê, Olodum, Commanches do Pelô, Afro Liberdade, Filhos de Gandhy, Apaches do Tororó, Jogo de Ifá, Alvorada, Índios Tamoios, Apaxes do Tororó, Filhos de Nanã, Corisco, Sambaterramar e Soweto, entre outros.

  16. O presidente do Ilê Aiyê, Antônio Carlos Vovô, explica que a dificuldade de custear o bloco levou à decisão de desfilar apenas dois dias com seus associados e buscar o apoio da Prefeitura para se apresentar um dia sem cordas. Pela primeira vez na história, a entidade deixa de sair com a sua estrutura de bloco na terça-feira de Carnaval, chamando o público se integrar ao seu desfile sem cordas, no Circuito Osmar (Centro).

   17. O vice-prefeito Bruno Reis afirmou que o Executivo municipal tem empregado políticas para valorização de artistas locais. “Esta é uma marca dessa gestão. A Prefeitura só contratou artistas da Bahia para se apresentar na festa, justamente para valorizar nossa história e capacidade artística. Somos um caldeirão cultural e temos que investir isso”.

  18.  Depois do ritual na Liberdade, neste sábado, e uma vez tendo seus caminhos abençoados, o trio do bloco Ilê Aiyê segue em festa do Curuzu para o Plano Inclinado da Liberdade. De lá, os associados fazem uma pausa até se encontrarem novamente horas depois no Corredor da Vitória, onde a entidade inicia o seu primeiro desfile em circuito oficial, o Osmar, às 2h deste domingo (23), em direção à Praça da Piedade.

  19. Na segunda (24) o Ilê Aiyê levará seu espetáculo cênico-musical para o Circuito Osmar. Comandado pelo som marcante da Band’Aiyê, o bloco sai acompanhado de um cortejo comemorativo ao tema do Carnaval, com destaque para o carro que se transforma em um verdadeiro altar para a recém-eleita Deusa do Ébano 2020, Gleicy Ellen.

   20. A ala de canto do Ilê Aiyê é formada pelos vocalistas Jauncy Oju Bará, Iracema Killianne, Iana Marucha e Juarez Mesquita, que se revezam nos dias de desfile. Neste Carnaval, o cantor Caboclinho, do grupo Movimento, é o convidado do Ilê para integrar os vocais. Cada qual com seu estilo próprio de cantar, eles garantirão a animação do bloco, acompanhados pelos 60 músicos que compõem ala de percussão da luxuosa Band’Aiyê.