sexta-feira, 24 de janeiro de 2020
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

ÓLEO MISTERIOSO NO MAR E PRAIAS DA BAHIA SERIAM DE BARCOS FANTASMAS

Segue o mistério do petróleo lançado no mar e que afeta praias do Nordeste e já chegou a Bahia
11/10/2019 às 12:04
  MIUDINHAS GLOBAIS:

   1. (GLOBO.COM) Em Roma para canonização de Irmã Dulce, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, disse, em coletiva realizada nesta sexta-feira (11), que embarcações "fantasmas" podem estar envolvidas no despejo de óleo no mar do Nordeste. São chamadas embarcações fantasmas aquelas que navegam em área brasileira sem autorização legal, e fazem contrabando de diversos produtos, entre eles o petróleo.

   2. "O caso está sendo estudado pelo Ibama, ICMBIO pela Marinha, pela própria Petrobras. Existe um dado inicial, ainda não totalmente confirmado, de que esse óleo seria do tipo extraído lá na Venezuela, mas isso não significa que a Venezuela tenha lançado petróleo no mar, obviamente.

  3. A Marinha tem a suspeita de que tenha sido [lançado] de 30 embarcações, mas nós também sabemos que existem aquelas chamadas embarcações fantasmas, que são embarcações irregulares que realizam contrabando, seja contrabando de petróleo ou outro tipo de contrabando, que podem estar envolvidas. O governo está buscando controlar os danos e levantar quem são os responsáveis", afirmou.

   4. As manchas surgiram em setembro e chegaram na Bahia há pouco mais de uma semana. Até agora, mais de 150 localidades em 68 municípios de 9 estados foram atingidos.

   5. A Marinha do Brasil afirmou que ainda não fechou nenhuma linha de investigação sobre o caso. No entanto, na quinta-feira (10), o órgão informou que, "após uma triagem das informações do tráfego mercante na região de interesse", notificou 30 navios-tanque de 10 diferentes bandeiras a prestarem esclarecimentos.
                                                            *****
   6. Limpeza das praias e instalação de barreiras de proteção, evitando o avanço de óleo principalmente em áreas de manguezais e estuários. Essas são algumas das ações discutidas pelo Comando Unificado de Incidentes, nesta sexta-feira (11), em resposta às manchas de óleo que chegam ao litoral baiano desde o último dia 4. 

   7. A criação do grupo é resultado de encontro promovido pela Secretaria do Meio Ambiente (Sema) e Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema).

   8. “As equipes técnicas da Sema e do Inema estão acompanhando as ações de mitigação dos danos ambientais, com sobrevoos para identificação de áreas afetadas, resgate de animais atingidos e fornecimento de equipamentos para os colaboradores das limpezas das praias oleadas. A criação deste comando unificado se dá no intuito de juntarmos esforços e potencializarmos nossas ações", afirmou o secretário da Sema, João Carlos.

   9. A proposta do grupo é que as medidas sejam adotadas de forma estratégica, com diversas frentes de ação, incluindo orientação técnica especializada para limpeza dos corais; apoio intensivo aos municípios com menor capacidade de investimento humano e material; estudo para identificar a origem e deslocamento das manchas de óleo; fornecimento de equipamentos de proteção individual (EPIs) e ferramentas; além de alinhamento sobre o destino adequado do material coletado nas praias.

   10. A diretora-geral do Inema, Márcia Telles, explicou que desde o início de setembro, quando foram informadas sobre as primeiras manchas de óleo no litoral do Nordeste brasileiro, as instituições que compõem a Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Meio Ambiente (Abema), da qual o Governo da Bahia faz parte, vem atuando no monitoramento das áreas afetadas.

   11. “A maior dificuldade apresentada nesse caso é a incapacidade de identificarmos o deslocamento das manchas de óleo nos sobrevoos realizados. Por serem de subsuperfície, apenas conseguimos perceber as manchas quando elas chegam à costa", explicou Telles.

   12. Desde que as manchas chegaram ao litoral baiano, as equipes técnicas do Inema, em parceria com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Projeto Tamar e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), realizam o acompanhamento, análise dos impactos, abrangência e monitoramento, alinhando com os poderes públicos locais estratégicos a limpeza e contenção dos resíduos.

   13. Equipes de contingência da Prefeitura de Lauro de Freitas fizeram a remoção de pequenas pelotas de óleo, na manhã desta sexta-feira (11), nas praias de Vilas do Atlântico e Buraquinho. Em vistoria nos pontos onde apareceram os primeiros resíduos de petróleo, o Ibama avaliou que a quantidade que chegou à orla do município - e já foi removida - não afeta a circulação nas praias. 

   14. A preocupação era que a maré cheia do início da tarde trouxesse mais óleo, mas até o final da tarde, com a maré baixando, a praia continuava limpa.

   15. A prefeita Moema Gramacho informou que as equipes das secretarias de Meio Ambiente e Serviços Públicos estão a postos 24 horas em toda a orla do município para monitorar e coletar resíduos de óleo que chegarem às praias. “Começamos a montar um plano de ação desde o início da semana e estamos com equipes de prontidão nas três praias do município. Nesta madrugada apareceram as primeiras manchas, que foram retiradas logo cedo”, disse.

   16. Acompanhada dos secretários de Meio Ambiente, Alexandre Marques, e Serviços Públicos, Lindaura Francisco, a prefeita percorreu pontos das praias de Vilas do Atlântico e Buraquinho e orientou banhistas e comerciantes sobre os cuidados com a substância. Ressaltou ainda preocupação com pescadores e com a fauna marinha.  Nesse período, a orla do município começa a ser procurada por tartarugas marinhas para desova.

  17. O Censo Previdenciário e a atualização cadastral de todos os servidores municipais ativos e dependentes vinculados ao Instituto de Previdência de Feira de Santana, será realizado de 14 deste mês, próxima segunda-feira, até o dia 14 de novembro.

   18. Os atendimentos, que acontecerão em ordem alfabética, serão realizados no Ginásio Joselito Amorim, à rua Álvaro Simões, nos dois turnos.

   19. Obrigatório, o censo é necessário para a criação da base de dados para atender às demandas das avaliações atuariais, conforme determina a Portaria 403/2008 do Ministério da Previdência Social.

   20. O artigo 3º da Lei 10.887/2004, de 18 de junho de 2004, dispõe sobre a instituição de sistema integrado de dados relativos às remunerações, proventos e pensões pagos aos respectivos servidores ativos e inativos, e pensionistas.

   21. Findo o prazo, não haverá prorrogação. O não comparecimento à convocação acarretará a suspensão temporária do pagamento da remuneração mensal até a regularização da situação cadastral.

   22. Shopping Barra tem funcionamento especial no 12 de outubro. Confira os horários e as operações que funcionarão durante o feriado pelo Dia de Nossa Senhora Aparecida. Lojas – Funcionarão as seguintes lojas: Lojas Americanas, Renner, Riachuelo, C&A, Centauro, Magazine Luiza, Casas Bahia, Camicado, Zara, Tok&Stok, Fast Shop, Lelis Blanc, Rosa Chá, John John, Bo.bô, Drogasil, Sobrancelhas Design e Jacques Janine, das 9h às 22h. Praça de Alimentação e quiosques – 12h às 21h
Restaurantes do Barra Gourmet, Madero e Mamma Jamma – 12h às 23h

   23. A Rede SAC suspende o atendimento neste sábado (12) em todo o Estado. O motivo é o feriado nacional de Nossa Senhora Aparecida, celebrado todo 12 de outubro. A Rede SAC possui 73 unidades de atendimento, sendo 37 Postos (na capital, região metropolitana e interior) e 33 Pontos SAC. 

   24. Além disso, operam três rotas do SAC Móvel, unidades itinerantes que percorrem localidades que não possuem SAC. Para outras informações sobre serviços prestados, horários de atendimento e endereços, a Secretaria da Administração (Saeb) disponibiliza o aplicativo SAC Digital, e o portal SAC Digital (www.sacdigital.ba.gov.br), além do portal SAC (www.sac.ba.gov.br).