quinta-feira, 06 de agosto de 2020
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

BANCO CENTRAL reduz juros básicos para 5,5%, menor patamar da história

A taxa de juros Selic é a referência para os demais juros da economia. Trata-se da taxa média cobrada em negociações com títulos emitidos pelo Tesouro Naciona
18/09/2019 às 19:46
MIUDINHAS GLOBAIS:

   1. O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central reduziu em 0,5 ponto porcentual a taxa básica de juros da economia brasileira. A Selic caiu de 6% para 5,5% ao ano. O anúncio, feito nesta quarta-feira, 18, representa a segunda queda consecutiva nos juros do país, após dezesseis meses em estabilidade na casa dos 6,5% ao ano, que permaneceu até julho.

   2. Esse é o menor porcentual da história da taxa de juros brasileira. A Selic é usada como referência para todas as outras taxas de juros do mercado e serve como instrumento para controlar a inflação e estimular o consumo. Com a Selic alta, os juros tendem a ficar mais caros e desestimular o consumo. Já com a taxa em viés de baixa, o crédito pode ficar mais barato, estimulando compras e aquecendo a economia.

   3. O Comitê de Política Monetária (Copom) é o órgão do Banco Central, formado pelo seu Presidente e diretores, que define, a cada 45 dias, a taxa básica de juros da economia – a Selic.  As reuniões normalmente ocorrem em dois dias seguidos e o calendário de reuniões de um determinado ano é divulgado até o mês de junho do ano anterior. 

    4. A reunião do Copom segue um processo que procura embasar da melhor forma possível a sua decisão. Os membros do Copom assistem a apresentações técnicas do corpo funcional do BC, que tratam da evolução e perspectivas das economias brasileira e mundial, das condições de liquidez e do comportamento dos mercados. 

   5. Assim, o Comitê utiliza um amplo conjunto de informações para embasar sua decisão. Depois, a reunião é reservada para a discussão da decisão entre os membros. A decisão é tomada com base na avaliação do cenário macroeconômico e os principais riscos a ele associados. Todos os membros do Copom presentes na reunião votam e seus votos são divulgados. 

   6. As decisões do Copom são tomadas visando com que a inflação medida pelo IPCA situe-se em linha com a meta definida pelo CMN.

   7. Uma vez definida a taxa Selic, o Banco Central atua diariamente por meio de operações de mercado aberto – comprando e vendendo títulos públicos federais – para manter a taxa de juros próxima ao valor definido na reunião.

   8. A taxa de juros Selic é a referência para os demais juros da economia. Trata-se da taxa média cobrada em negociações com títulos emitidos pelo Tesouro Nacional, registradas diariamente no Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic).  

   9. Para que a política monetária atinja seus objetivos de maneira eficiente, o Banco Central precisa se comunicar de forma clara e transparente. Além do comunicado e da ata da reunião, o Banco Central publica, a cada trimestre, o Relatório de Inflação, que analisa a evolução recente e as perspectivas da economia, com ênfase nas perspectivas para a inflação.
                                                               *****
   10. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) dará início, nesta quinta-feira (19), às 9h, no Centro de Cultura da Câmara dos Vereadores, a primeira audiência para discutir o projeto de lei da Regularização Fundiária (Reurb). O encontro, que vai reunir vereadores e representantes da sociedade civil, tem o objetivo de discutir o tema e abrir a possibilidade para quem quiser contribuir com o projeto.

   11. O programa de Regularização Fundiária faz parte do eixo Inclusão Econômica do Salvador 360 e visa resolver a questão da moradia irregular em Salvador. Serão contempladas 236 Zonas Especiais de Interesse Social (Zeis), com cerca de 150 mil moradias onde as pessoas residem, tem a posse, mas não possuem a propriedade, em áreas como Gamboa e Subúrbio.

  12. “É importante abrirmos esse espaço para discussão porque precisamos ouvir das pessoas o que elas precisam. A Reurb é extremamente importante para a cidade e vai promover uma grande transformação dessas áreas com a inclusão no ordenamento urbano, com acesso aos serviços públicos, estímulo a geração de renda e o resgate da cidadania da população carente”, explica o secretário Sedur, Sérgio Guanabara.

  13. Reduzir acidentes de trânsito com educação e conscientização. É com este objetivo que a VIABAHIA Concessionária de Rodovias S/A iniciou, na manhã de HOJE (18/09) o conjunto de ações durante a Semana Nacional de Trânsito (SNT).

  14. Realizada no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a SNT atendeu e conscientizou mais de 100 motoristas e passageiros. Com o tema “No Trânsito, o Sentido é a Vida”, a abordagem incluiu palestras educativas (através do Cinema Rodoviário da PRF), orientações de saúde bucal, aferição de pressão arterial, teste rápido de glicemia e distribuição de brindes pelo SEST SENAT e VIABAHIA.

  15. No dia 20/09, será a vez de Jequié receber as equipes. Lá, em parceria com a UESB, serão oferecidos aos usuários, de forma gratuita, equipes de medicina, enfermagem, nutrição, fisioterapia, educação física, odontologia, psicologia, espiritualidade, assessoria jurídica e aplicação de formulário de satisfação. Também haverá distribuição de brindes.

   16. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) dará início, nesta quinta-feira (19), às 9h, no Centro de Cultura da Câmara dos Vereadores, a primeira audiência para discutir o projeto de lei da Regularização Fundiária (Reurb). O encontro, que vai reunir vereadores e representantes da sociedade civil, tem o objetivo de discutir o tema e abrir a possibilidade para quem quiser contribuir com o projeto.

   17. O programa de Regularização Fundiária faz parte do eixo Inclusão Econômica do Salvador 360 e visa resolver a questão da moradia irregular em Salvador. Serão contempladas 236 Zonas Especiais de Interesse Social (Zeis), com cerca de 150 mil moradias onde as pessoas residem, tem a posse, mas não possuem a propriedade, em áreas como Gamboa e Subúrbio.

   18. “É importante abrirmos esse espaço para discussão porque precisamos ouvir das pessoas o que elas precisam. A Reurb é extremamente importante para a cidade e vai promover uma grande transformação dessas áreas com a inclusão no ordenamento urbano, com acesso aos serviços públicos, estímulo a geração de renda e o resgate da cidadania da população carente”, explica o secretário Sedur, Sérgio Guanabara.

   19. Com o objetivo de contribuir com os mantimentos da Casa de Repouso Bom Jesus, a Assessoria de Ação Social do Tribunal de Justiça da Bahia, promove até o dia 30 deste mês, a arrecadação de roupas, calçados, fraldas geriátricas e utensílios para curativo, para doar à instituição.

  20. A ação começou na terça-feira (17), e as doações devem ser entregues na sala da Ação Social – 308 Sul –, no prédio principal do TJBA, localizado no Centro Administrativo da Bahia.

   21. No dia 01 de outubro as arrecadações serão deixadas na Casa de Repouso Bom Jesus, instalada na 1ª Travessa Bela Vista, n° 15 – Tubarão, Paripe.

   22. A Casa de Repouso Bom Jesus foi criada para abrigar indigentes e vulneráveis, principalmente idosos. A unidade tem uma carência de diversas demandas, dentre elas estão cadeiras de rodas, material de limpeza e higiene pessoal e fraldas geriátricas.