quarta-feira, 19 de junho de 2019
Colunistas / Miudinhas
Tasso Franco

BOLSONARO precisa deixar de se vitimizar e governar olhando pra frente

Já tem gente se insurgindo contra o Pacto entre os 3 Poderes dentro do próprio STF quando deveria ser o contrário
30/05/2019 às 10:01
 MIUDINHAS GLOBAIS:

   1. O presidente Jair Bolsonaro (PSL) tem que por fim a esse discurso em que se sente vitimizado e ameaçado por forças ocultas e descobertas para governar o país. Ora, recebeu mais de 50 milhões de votos dos eleitores e agora é o momento de governar, de colocar a bola para frente e para o alto e não ficar a cada solenidade com essa mesma lenga-lenga de que querem derrubá-lo. 

   2. Voltou com a mesma conversa na quarta-feira, 29, que existem ameaças a seu mandato e que o fato de estar na Presidência da República vai "contra interesses de muita gente". Questionado, ele não quis responder a que ameaças se referia, mas, em discurso, afirmou que ninguém "deve desejar sua cadeira", porque, segundo ele, não é fácil enfrentar pressões de vários setores da sociedade. O presidente ainda declarou que "paira um fantasma" sobre o seu governo do retorno da esquerda.

   3. "Ameaças existem. Muita gente não tem interesse de eu estar sentado naquela cadeira", afirmou Bolsonaro, após cerimônia de posse pública do novo presidente da Embratur, Gilson Machado. "Não vou entrar em detalhes. Estamos conseguindo governar o Brasil."

   4. Durante discurso de improviso, Bolsonaro disse que muitos de seus votos foram obtidos por exclusão na eleição do ano passado e que "um fantasma paira sobre o governo" - uma referência à possibilidade da volta da esquerda ao poder.

    5. Ainda durante o discurso, Bolsonaro afirmou que deseja obter governabilidade por meio da "consciência de todos" e relatou a necessidade de aprovar reformas para retomar a economia, cujo desempenho pode comprometer seu mandato.

   6. "Não é gente atrapalhando não, são os problemas que o Brasil tem, uma dívida interna monstruosa, uma reforma da Previdência que alguns temem em jogar contra, mas é necessária para o bem de todos."

   7. Ora, tudo isso para quem chega ao poder máximo da Nação é previsível. Qualquer governo terá oposições racional e irracional e há sempre aqueles que defendem a volta dos militares ao poder, outros que querem a volta da monarquia, outros que entendem que o melhor seria o parlamentarismo, enfim, são múltiplas as opiniões. 

   8. E o que não pode é o presidente ficar repetindo essa mesma conversa ao completar 5 meses de governo. Ele foi eleito para fazer as reformas, privatizar as estatais ociosas, por fim ao aparelhamento do estado, enxugar a máquina, desburocratizar a economia, enfim, governar de acordo com o desejo da maioria. 

   9. E diria que o presidente do STF, Dias Tofolli, deu uma mãozinha enorme ao propor um Pacto entre 3 Poderes para o bem do pais. 

                                                                      *****
  10. O deputado estadual, Samuel Junior (PDT), se reuniu com o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação, Marcos Pontes, para discutir a importância da comunicação radiofônica na Bahia. O encontro aconteceu na manhã de quinta-feira (30) e contou ainda com a presença do deputado federal Alex Santana (PDT) e do pastor Valdomiro Pereira, presidente da Convenção Estadual das Assembléias de Deus no Estado da Bahia.

   11. Para Samuel, a comunicação através do rádio tem relevante importância para os diversos setores da sociedade, bem como na divulgação das atividades parlamentares, proporcionando uma maior aproximação entre o legislativo e a população.

   12. A nova diretoria da Câmara Técnica do Turismo da Costa do Dendê foi empossada nesta quinta-feira (30), durante reunião no auditório da Fortaleza do Morro de São Paulo, município de Cairu.  A secretária municipal do Turismo de Cairu, Diana Farias, assumiu a presidência da câmara - instância de governança regional, que reúne representações do poder público, iniciativa privada e terceiro setor, com o objetivo de aprimorar o ordenamento e diretrizes para o desenvolvimento do turismo.

   13. Com a presença do secretário estadual do turismo, Fausto Franco, os participantes do encontro debateram prioridades da zona turística que abrange os municípios de Valença, Cairu, Camamu, Nilo Peçanha, Ituberá, Taperoá, Igrapiúna e Maraú.

   14. O plano de ação da Setur também foi apresentado e discutido. Fausto Franco apresentou diretrizes estratégicas, como a promoção das zonas turísticas baianas; expansão da conectividade aérea; melhoria da infraestrutura (inclusive para transporte marítimo); oferta de novos produtos e investimentos.

   15. O impacto da Arena Fonte Nova na economia baiana, nos segmentos de esporte, entretenimento e eventos de negócios, entre 2017 e 2018, chegou ao montante de R$845 milhões. Esse resultado foi apurado pelo Instituto Miguel Calmon (IMIC), através de um estudo que também apontou boas perspectivas para 2019, com uma projeção de movimentar R$574 milhões, representando um crescimento de 36% em relação à média dos anos de 2017 e 2018.

   16.  O levantamento foi apresentado para autoridades, empresários e representantes do trade turístico baiano, na noite dessa quinta-feira (dia 30), na Associação Comercial da Bahia, no bairro do Comércio, em Salvador.

   17. “Realizamos uma abordagem mais ampla que extrapola uma visão tradicional do impacto econômico da Arena, que era avaliada apenas com base em vendas de ingressos, alimentos e bebidas, já que esses dados não representam toda cadeia produtiva abrangida pela Arena”, explica Pablo Souza, consultor do IMIC e responsável pelo estudo. “Apresentamos informações sobre o impacto deste equipamento na economia baiana em segmentos como esporte, turismo de lazer ou negócios, mercado informal e transportes. Mensuramos ações na área social e apresentamos melhores práticas como referências”, afirma Souza.

   18. (FEIRA) Um total de 22.366 crianças precisam ser vacinadas contra a gripe até esta sexta-feira, 31, em Feira de Santana. A Prefeitura, através da Secretaria de Saúde, convoca pais ou responsáveis a levarem as crianças de seis meses a menores de seis anos (5 anos, 11 meses e 29 dias) para receber a dose.

   19. De acordo com a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Francisca Lúcia Oliveira, a vacina é uma forma de prevenir complicações relacionadas a gripe que provocam um aumento na procura pelos pronto-atendimentos da cidade. “Os pais ou responsáveis podem evitar esse tipo de situação levando a criança para vacinar”, afirma.

   20. A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza iniciada no dia 10 de abril promove a imunização anual contra a gripe de forma gratuita através das 105 unidades de saúde em Feira de Santana.

   21. Em mais de duas horas de debates, nesta quinta-feira (30), na Comissão Especial do Fundeb, o presidente do colegiado, deputado federal Bacelar (Podemos-BA), voltou a defender que o fundo de financiamento para a educação se torne constitucional, com o aumento no repasse de recursos do governo federal. “Hoje, a União contribui com apenas 10%. 

   22. O restante sai dos estados e municípios. O próprio Ministério da Educação tem muitos programas antigos, ineficientes e fadados ao insucesso. O ideal seria transferir os recursos desses programas para o Fundeb”, propôs o parlamentar.

   23. Outro ponto abordado por especialistas, na comissão, é a necessidade de se estabelecer padrões mínimos de qualidade para a educação. Na avaliação da coordenadora-geral de Operacionalização do Fundeb, Sylvia Cristina Toledo, o fundo não é o suficiente para garantir um ensino público que prepare bem os alunos.  “É preciso comprometimento, responsabilidade dos gestores públicos e mecanismos que façam a política educacional ser eficaz”, disse.

   24. A ampliação do metrô, a implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), de Salvador até Simões Filho, e a finalização da linha Vermelha (Avenida 29 de março). Essas três obras estruturantes foram detalhadas durante a mesa programática do Plano Plurianual Participativo (PPA-2020/2023) sobre “Desenvolvimento Urbano e Rede Cidades”, no auditório da Secretaria do Planejamento (Seplan), nesta quinta-feira (30).

   25. Além desses três temas, outras políticas públicas também foram tratadas, como o acesso à moradia digna, a habitação de interesse social e a consolidação dos consórcios intermunicipais. “Super importante esse encontro, pois é um processo de integração, e o Sistema Viário Oeste (SVO), com a construção da ponte entre Salvador e Itaparica, é um grande projeto que envolve diversos setores do governo, como a infraestrutura, o desenvolvimento urbano e o meio ambiente, por exemplo”, detalhou o assessor especial do Projeto SVO, da secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), Heber Ganem.

   26. “O nosso trabalho precisa estar muito bem alinhado com o PPA e com a Seplan, seguindo as diretrizes já estabelecidas pelo Governo. E encontros como o desta quinta, consolidam essa cultura, portanto é um momento importantíssimo para avaliar os objetivos”, explicou o secretário de Desenvolvimento Urbano (Sedur), Sérgio Brito, afirmando ainda que o acompanhamento e a avaliação do que a pasta está colocando em prática são funções importantes na gestão.