sexta-feira, 03 de dezembro de 2021
Shows

IGOR LIBERATO LANÇA "GATO" SEU PRIMEIRO ÁLBUM DA CARREIRA SOLO

Dia 29 de outubro
Aline Valadares , Salvador | 19/10/2021 às 09:19
Igor Liberato
Foto: Rafa Ramos

O cantor e compositor Igor Liberato lança “Gato”, seu primeiro álbum solo, no dia 29 de outubro (sexta-feira), em todas as plataformas digitais de música. "Gato" foi a primeira palavra pronunciada pelo artista, quando criança. A estreia na comunicação oral é usada agora como analogia para anunciar a sua estreia com projeto solo. O álbum traz 11 faixas autorais, sendo quatro delas conhecidas pelo público, como “Samba Livre” e “Fala Bonito”, faixa-título do EP que antecede o álbum. O pre-save de “Gato” já está disponível no link: https://bfan.link/gato

Todas as músicas foram produzidas pelo próprio artista em parceria com Carles Campi Campón, veterano produtor espanhol que acumula cinco Grammys Latinos na carreira. Das inéditas, “Cafuné” realça a textura do álbum, que trafega harmonicamente entre Pop contemporâneo, Indie e música regional. A canção ganhou um clipe, dirigido pelo próprio artista, em parceria com Paloma Saavedra, que será lançado no dia 1º de novembro, no canal do YouTube de Igor www.youtube.com/igorliberatomusica.

O trabalho é uma extensão do processo criativo de Liberato, que se apresentou com o single "Tudo Que Cê Gosta”, onde conseguiu imprimir a identidade de seu estilo musical, além de mostrar um pouco da estética que propõe. Essa identidade pode ser percebida também nos videoclipes, onde o multiartista assina como diretor criativo, ilustrador e participa da produção musical. Carles Campi Campón, a outra metade da produção musical, é colaborador da carreira do uruguaio Jorge Drexler e também assina a mixagem do disco.

Com um olhar sensível e introspectivo, Igor Liberato mergulhou na sua essência para resgatar sua história de forma lúdica. A faixa homônima abre o disco, com a fala de sua vó, dona Sônia, contando a história que originou o título.

Surpresas como essa podem ser esperadas ao longo das faixas, que foram cuidadosamente costuradas com interlúdios que convidam para um mergulho total na obra do artista. O clima é matinal, radiante, afetivo e tem o frescor de um artista que transita entre a maturidade e a ingenuidade, produzindo música contemporânea. O álbum flui com a personalidade de um jovem que não tem receio de experimentar.

SOBRE IGOR LIBERATO: O multiartista está na cena artística desde 2012. Liderou os grupos “OLiberato” e “Trago Seu Amor de Volta”. Abriu show do Rappa, SOJA, Skank, 5 a Seco, Nação Zumbi e Carlinhos Brown. Lançou a faixa "Bem Querer" com a conterrânea Illy e todos esses movimentos inseriram seu nome no crescente mercado de novidades soteropolitanas. De volta à carreira solo, Igor Liberato participa mais ativamente das construções dos arranjos, inaugurando os trabalhos como produtor, mais aberto à experimentação e consciente dos caminhos. Mais informações: @igorliberatoigor. 

 

SERVIÇO:

Igor Liberato lança o álbum "Gato"

Data: 29 de outubro de 2021

Em todas as plataformas de streaming: https://bfan.link/gato

Lançamento do clipe "CAFUNÉ"

Data: 1º de novembro de 2021

Canal de Igor Liberato no YouTube: www.youtube.com/igorliberatomusica


FICHA TÉCNICA ÁLBUM "GATO"

Produzido por Carles "Campi" Campón e Igor Liberato

Todas faixas mixadas por Campi Campón*

Todas as faixas masterizadas por Pedro Garcia*

Distribuição: Faro Fino Music

*exceto as faixas 01, 05 e 09, mixadas e masterizadas por Del Jay.

 

Identidade visual: Igor Liberato e Paloma Saavedra

Projeto gráfico: Igor Liberato

Fotos: Rafa Ramxs

Manifesto: Julia Lemos

Assessoria de imprensa: A+ Assessoria (Thiago Paleari) e DasÁguas (Aline Valadares)

 

Colaborações nos arranjos:

Angelo Canja

Bagum (Gabriel Burgos, Pedro Tourinho, Pedro Leonelli)

PEU

Ubunto

Zamba

 

Todas as faixas compostas apenas por Igor Liberato, exceto as faixas:

03 – composta por Igor Liberato e Paulo Rogério dos Santos

05 – composta por Igor Liberato e Filipe Toca

04, 10 – compostas por Igor Liberato, Daniel Santos, Jorge Victor, Cezar Araujo e Ana Cristina Ribeiro.

11 – composta por Igor Liberato e Sérgio Akueran

 

Instrumentos:

Todos os instrumentos tocados por Igor Liberato e Campi Campón, exceto: 

Angelo Canja – Guitarra nas faixas 02, 04 e 11.

João Almy (Jalmy) – Violão 7 cordas nas faixas 04 e 11.

Gabriel Burgos – Bateria (sampler) na faixa 11.

Zamba – Produção e Programação de interlúdio na faixa 07.

 

Coro faixa 06:

 

Suzi Gonçalves, Gilberto Ferreira, Gabriel Suhet, Tenison Del Rey, Lina Costa, PEU, Larissa Zanardi, MaryJane Beck, Spadina Banks, Clara Torres, Gabriela Regis, Julia Lemos, Jalmy, Julia Dominguez, Paloma Saavedra, Samira Nader, Vic Zacconi.