sexta-feira, 13 de dezembro de 2019
Saúde

Lauro: Prefeitura disponibiliza punção mamária e avança na sáude

A disponibilidade do exame na Rede Municipal de Saúde reduz em muito tempo um possível tratamento
Imprensa Lauro , Lauro de Freitas | 29/10/2019 às 17:05
Punção mamária
Foto: Danilo Magalhães
Entre os exames que detectam o câncer de mama, mulheres de Lauro de Freitas contam com um procedimento preventivo contra a possibilidade de desenvolvimento de tumores cancerígenos: a punção de nódulo mamário. A disponibilidade do exame na Rede Municipal de Saúde reduz em muito tempo um possível tratamento. No Hospital Municipal Dia Jorge Novis, pacientes reguladas fazem a punção mamária sempre às terças-feiras.
A mastologista Juliana Medeiros realiza o exame de punção há mais de um ano no Jorge Novis. “Quando a rede municipal começou a disponibilizar o serviço havia uma demanda de mais de 200 mulheres para realizar o procedimento. Atualmente realizamos até 15 punções por semana e não temos fila de espera. São atendimentos agendados” relatou.
Juliana explica que a punção aspirativa por agulha fina é um procedimento rápido e sua principal finalidade é o diagnóstico precoce. Com os resultados dos exames de ultrassom e mamografia em mãos, a médica identifica a localização do nódulo na mama e, assim, faz a introdução da agulha para obter o material de análise das células que compõem o nódulo. Este tipo de biópsia é feita quando a paciente tem suspeita de malignidade e para aliviar dores mamárias.
A paciente Elenira Santos, 43, passou por consulta com mastologista e realizou os exames de mamografia e ultrassom na Rede Municipal de Saúde de Lauro de Freitas antes de realizar a punção. “A mama é o maior ponto de sensibilidade da mulher, sobretudo, por conta da estética. Muitas não fazem os exames por medo de detectar algo. Mas é importante se cuidar”. Elenira relata que o procedimento de punção mamária não dói. “É como se fosse uma injeção”, descreveu.
Para realizar o procedimento não é necessário levar acompanhantes caso a paciente não tenha limitações. A marcação da punção é feita de segunda a sexta-feira na Central de Regulação, localizada na Rua Maria Isabel dos Santos (Avenida Beira Rio), no Centro, das 8h às 14h. É necessário apresentar documento de identidade e solicitação médica.