quinta-feira, 21 de outubro de 2021
Esporte

VITÓRIA FEZ DOIS GOLS E CEDEU EMPATE AO SAMPAIO NO FINAL DO JOGO

Vitória 2x2 Sampaio Correia
Tasso Franco , da redação em Salvador | 14/07/2021 às 09:53
Vitória 2x2 Sampaio Correia
Foto: BJÁ

  Num jogo com pouca técnica mas muito corrido e disputado até o final, o Vitória vencia com dois gols, teve chances mas não matou o jogo e terminou permitindo o empate do Sampaio Correa com um gol de falta já aos 48 minutos, nos acréscimos. Castigo. É mais um empate do rubro-negro baiano, em casa. E esse muito doído, pelas circunstâncias. Não faltou garra, mas ...  

  Com o resultado, o Rubro-negro ficou na porta, do lado de fora, da zona do miserê, com 9 pontos ganhos em 11 rodadas. É muito pouco. Para o Sampaio, o empate caiu como a glória, no finalzinho; chegou a 19 pontos e está em 3º lugar na tabela de classificação. O Náutico lidera, com 25 pontos, seguido pelo Coritiba, com 20. 
*
 No Barradão

 Noite invernosa, fria, relvado castigado pelas chuvas desses dias. A defesa do Sampaio Correa é a menos vazada da competição, daí a equipe estar disputando vaga no alto da tabela. O Rubro-negro empata muito e leva gols, por isso está brigando na zona de baixo.

 - Aos 7’, David lançado por Pedrinho em profundidade, veloz, foi atropelado na área pelo goleiro Mota e o árbitro marcou o pênalti.

 - Gol ! 1 x 0 Vitória, aos 9 minutos. Dinei bateu forte, o goleiro ainda tocou na bola, mas deu rede. Placar aberto bem cedo. 

  Com o gol, o Sampaio precisava sair pro jogo, buscar o empate, e com isso abria espaços para os contragolpes do Leão, como ele gosta, alongando os passes.  Aos 12’, Ciel bateu falta da entrada da área, assustando. O Vitória começou a catimbar, cavar faltas e ganhar tempo muito cedo, talvez tentando enervar os visitantes. 

 - Gol ! 2 x 0 Vitória, aos 30’. Num chutão de Fernando Neto, David disparou em alta velocidade, ganhou da marcação, viu a saída do goleiro e bateu rasteiro, acertando o canto, ampliando; quando Sampaio estava inteiro na frente. Três investidas do Leão, dois gols. Raro. E o Sampaio não tinha levado dois gols em nenhum jogo. 

- Aos 36’, Bruno bateu falta das proximidades da área, pela esquerda, Mota rebateu com dificuldades. Aos 39’, testada de Ciel, fora do alvo.  

 Foi só, na primeira etapa. Os visitantes tramaram, tiveram mais posse de bola mas finalizaram pouco. Os donos da casa fizeram dois gols em três investidas e brigaram, correram muito.  
  *  
  O Leão voltou do intervalo ainda mais encolhido, na moita, esperando o erro do inimigo para dar o bote. O Sampaio acossando, marcando mais na frente, tentando, mas, em dois vacilos dos maranhenses, Bruno e David tiveram chances de ampliar, antes dos 10 minutos. Parecia sob controle.

 Aos 16’, Pimentinha levantou na área e Ciel, na disputa pelo alto, foi empurrado por Cedric e o árbitro entendeu como pênalti do lateral.

 - Gol ! 2 x 1 Ciel, aos 18’, batendo a penalidade com calma, deslocando Ronaldo. O Sampaio estava de volta ao jogo.  Aberto, animado, indefinido. 

 Aos 19’, Soares bateu falta de longe, alçando na área, Gabriel Bispo testou, perigando. O Sampaio cercava. O tempo passando ... O Leão administrando. O treinador Surian trocou três, pôs sangue novo, mais força. Ramon respondeu, também com três substituições. Disputa e ritmo intenso, muita vontade de lado a lado.  Aos 37’, num contragolpe puxado por Pedrinho, quase Eron ampliou. O Sampaio buscando, o Leão travando, fazendo o antijogo, até que...  

 - Gol ! 2 x 2, Sampaio Corrêa, aos 48’. Ciel, cobrando falta das proximidades da área, no canto, por baixo, Ronaldo aceitou.  Castigo. 
  *
Destaques    

No Rubro-negro, David, disparado, o melhor. A luta de Neto, DInei e Gabriel Bispo. Soares entrou bem, tratando bem a bola. Ronaldo falhou no gol do empate. 
 O Sampaio bem abaixo do que normalmente produz em casa. O veterano Pimentinha ainda buliçoso, dando trabalho. Ciel, dois gols. 
 *
Escalações:

- Ramon Menezes mandou a campo: Ronaldo, Cedric, Thalyson, Wallace (Marcelo) e Pedrinho (Roberto); Fernando Neto, João Pedro (Dudu), Gabriel Bispo e Bruno(Soares); David, Dinei (Eron).
 - O Sampaio Corrêa: Mota, Luis Gustavo (Watson), Paulo Sérgio, Nilson Jr e Zé Mario; Mauro Silva, Ferreira(Felipinho) e Eloir (Romarinho); Pimentinha, Jean Silva(Ronei) e Ciel. Treinador, Felipe Silva Surian.

Arbitragem pernambucana, sem VAR. No apito, Rodrigo José Pereira de Lima.  
*
 Pela 12ª rodada, o Vitória vai a Pelotas/RS enfrentar o Brasil, no sábado, dia 17, 11h.
*
 Jogos da 11ª rodada:
- Botafogo 3 x 3 Cruzeiro; Náutico 1 x 1 Ponte Preta; Vila Nova 0 x 0 Brasil de Pelotas;    Avaí 2 x 1 Confiança; Guarani 1 x 0 CRB. Coritiba 1 x 1 Vasco; Londrina 1 x 2 Operário. 
  Na quarta-feira, fechando: CSA x Goiás; Remo x Brusque. 
**