quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020
Colunistas / A Boa Mesa
Dom Franquito

LA TAPERIA serve um salteado de pulpo delicioso, comenta DOM FRANQUITO

Um local com a cara da Espanha, o gosto da Espanha e de comidinha deliciosa
24/03/2016 às 12:22
 O bairro boêmio do Rio Vermelho, Salvador, um dos últimos redutos da cidade nesse aspecto, tem suas delícias em comidinhas com a grife de Espanha, país de uma gastronomia preciosa.

   De originalissimo, na Rua da Paciência com vista para o mar do Rio Vermelho e para a morada de Yemanjá situa-se La Taperia um bar restaurante de tapas super intimista, decoração com objetos típicos de Espanha, uma comidinha deliciosa e carta de vinhos da Rioja das mais apreciáveis.

   Para quem gosta desse tipo de ambiente onde vê-se do executivo gallego ao yupi, o jovem urbanao tatuado, a sensação que se tem é de estar num barzinho do Paseo de Zorilla, em Valladolid.

   Digo isso porque el chef da cozinha do La Taperia, José Morchón, és natural de Valladolid da Comunidade Autônoma de Castela e Leon, e divide o trabalho com su companheira Juli Holler, uma paulistana que aqui está comandando os salões e orientando a galera jovem da garçons e garçonetes, multinacional, com brasis e argentinos.

   Nas mesas e nas paredes você encontra mensagens diversas de clientes escritas em guardanapos e peças que vão da cadeiras a leques, chales e santos emoldurados. 

   O barzinho é um agito especialmente nos finais de semana, sextas e sábados. Aos domingos e às segundas não funciona. E, detalhe: só abre a partrir das 19h com a cozinha zerando as panelas à meia noite, 1 hora no máximo. O bar segue um pouco mais nos finais de semana. 

   Na quarta do agito, José Morchón, el bruxo - tem a cara de Espanha século do medievo - não para um minuto até a zero hora.

   Então, yo e la señora Bião de Jesus, usando um preto básico estiloso com aquela calça destroid, fomos atendidos pela graciosa Fernanda, una garconete jovencita muito atenciosa que nos brindou com el aperitivo da casa um caldinho de abóbora, gengibre e redução de vinho tinto.

   Pelo desembarcar das malas senti que as tapas da casa eram deliciosas. Entonces, para dar um glamour a la noche de quarta, del santo Turíbio de Mogrovejo, solicitamos um tinto Solar Viejo Crianza uvas tempranillo da Rioja um frutado típico versátil, daí apropriado para nossa primeira pedida em tapas o Salteado de Pulpo, os tentáculos do polvo ao estilo del chef Morchón.

   Bien, fomos às taças com prazer. 

   Com La Taperia lotada, vez por outra el chef Morchón passava agitado pelos corredores para atender algum cliente com seu toque pessoal, o mesmo fazendo Juli, mui simática, sempre atenciosa.

   Pronto, lá vem a Fernanda com o pulpo e aí o crianza del vale do Ebro da comunidade autonoma da Rioja ficou ainda mais saboroso.

   Hum! que delicia el pulpo - dissemos a jovem Fernando que ficou encantada quando perguntei a 'sua graça' e ele não entendeu. La señora Bião completou: sú nobre. -Ah! que poético! - comentou chamar-se Fernanda. 

   Seguimos encantados até que pedimos um bacalhau durão especialidade da casa que seria um complemento al pulpo.

   - Hic! Houve um debate na cozinha sobre esta pedida - disse-nos Fernanda - pero não está aconselhável.

   - Quis saber detalhes la senõra Bião do que se passava.

   - Está mui salgado - comentou a jovencita - e a cozinha entende que demoraria para desalinizar e tal...

   Intervi no díálogo: - Não há problemas...vamos fazer outro pedido.

   Por gentileza de outra garçonete também jovem e graciosa, la Magda, mudamnos de mesa para um salão que ela dizer seu cantinho.

   E lá fomos nós abraçados ao crianza. 

   La Bião decidiu que a próxima tapas seria ostras gratinadas. Desejo antigo.

   Que pedida acertada. As ostras estavam uma maravilha em sabor, textura e delicadeza. E aí foi que o vinho ficou ainda mais saboroso.

   Pena que tinha acabado

   - Que tal, perguntou Magda com seu sotaque paulistano.

   - Deliciosas - emendou La Bion.

    Pronto. Se vocês quiserem conhecer um local agradável, charmoso, cara da Espanha, gosto da Espanha, tapas de primeira qualidade é só ir ao La Taperia.

   De quebra, leva uma florzinha pra Yemanjá que ela gosta.
------------------------------------------------------- 
LA TAPERIA - bar de tapas e restaurante
Rua da Paciência, 251 
Rio Vermnelho - Salvador - Bahia
Fones: 8716-1077 9116-5140 3334-6871
lataperiaenbahia@gmail.com
Faça reserva - abre a partir das 19h
Não funciona domingos e segundas
A cozinha fecha meia noite e 1 h nos finais de semana
Não tem manobrista
Estacionamento na rua - é permitido estacionar 
Os guardadores cobram a taxa de R$10,00
La Taperia tem 4 ambientes 
Na varanda não tem ar condicionado e nos corredores
Carta de vinhos de boa qualidade
Solar Viejo Crianza R$88,00
Salteado de Pulpo R$38,00
Ostras Gratinadas R$35,00
Cobra 10% e aceita cartões
Classificação 3 DONS