quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020
Colunistas / A Boa Mesa
Dom Franquito

Em noche romântica, DOM FRANQUITO saboreia o fettuccini do Sal Marinho

Um restaurante que também é bar e tem música ao vivo nas sextas e nos sábados
12/02/2016 às 22:23
  Até final da temporada de verão estamos fazendo um 'tour' gastronômico pelos novos restaurantes do Balneário de Vilas do Atlântico, Lauro de Freitas, Liotral Norte da Bahia, cada qual com sua especialidade, com seu charme, com sua graça.

   O Sal Marinho, após o Hotel Malibu no corredor da Av Praia de Itapuã, vai da carne ao camarão, de bar a restaurante, de som ao vivo às sextas e sábados às noites, e é um local bem agradável especialmente a pérgola em madeira com a brisa que vem do mar soprando mansinho.

   É uma casa onde tanto você pode ir para tomar um drink e saborear os pestiscos, especialmente os pastéis, inclusive 'the famous' pastel de vento - pedida predileta de petizes - e também saborear uma entrada de casquinhas de siri ou polvo a vinagrete, e/ou jantar.
 
   A comida é de boa qualidade embora o atendimento não seja dos mais profissionais em termos de rapidez. Quando a cozinha atrapalha aí fica um pouco lento, mas, faz parte da vida baiana essa demora, esse jeito de atender.

   Yo e la señora Bião de Jesus, em nossa vez, e não é a primeira oportunidade que estivemos no Sal Marinho, disse-nos o mâitre Moisés, em sua gentileza, que a chave da adega havia sumido, pero, o nosso pedido, um vino Segredos de São Miguel del Alentejo estava garantido.

   A lógica do paciente Moisés era de que, se a chave havia sumido, momentaneamente, ela apareceria. 

   Tem sentido. 

   Ficamos a esperar alguns minutos com o nosso também bom humor baiano porque não adiante ter pressa na Bahia e só não fizemos como 'painho' do Chico Anizio, deitando-nos numa rede a balançar, porque lá não há redes.

   Em instantes, o garçom super-ágil Amauri disse-nos que a chave já estava em mãos de Moisés e nosso vinho estava a caminho. Maravilha! Vibramos, pois.

   E, de facto, como dizem os portugueses, chegou-nos o São Miguel. Bravo! 

   La señora Bião aprovou e foi-nos servido. 

   Nesse interim, haviamos solicitado ao Amauri, rápido como Biriba, ex-ponta direita do Bahia, bolinhos de bacalhau.

   Bacalhau rima com Portugal e o Segredos de São Miguel com aquela chave no rótulo lembra-nos os conventos de Lisboa e os bacalhaus do Santa Justa.

   Ficamos a definir o prato principal. 

   A noite estava agrabilissima. Era a terça do Carnaval e a casa estava com bom público tanto na parte interna como na pérgola.

   O Sal Marinho tem uma decoração despojada na pérgola com sombreiros no estilo verão praia da Bahia e na parte interna, onde se apresenta os conjuntos musicias, mesas bem postas e decoração simples, bem modesta.

   Ficamos na dúvida entre o prato especial da casa, camarões em moqueca com manga, e/ou o fettuccini ao molho de tomate com camarões e azeitonas pretas.

   O mâitre disse-nos que ambos eram deliciosos. A pedida especial, com manga, então, uma maravilha. Amauri sugeriu-nos uma carne. 

   Nada, a noite estava para o fettuccini, mais leve, mais harminoso com o Segredos de São Miguel.

  Falei pro Moisés: - Espero que não demore tanto quanto a chegada do vinho.

   Amauri respondeu de bate-pronto: - Sairá rapidão como um cometa.

  Risos. 

  Ficamos a namorar a apreciar la noche. Não tinha o lago de Ipacaraí, nem o mar de Itapuã apesar de estarmos na Av Praia de Itapuã, pero, o que vale é o momento, o prazer.

  Não adianta ganhar o mundo inteiro. Nosso pedacinho do céu, naquele momento era o ambiente aconchegante do Sal Marinho.

   E eís que Amauri, o rápido, troxe-nos o fettucini de camarões.

   Viva a pátria, chova arroz, xô crise. 

   Aos garfos e às taças como ensina o sommelier Maurício Ferreira.

   Que fettucini de boa qualidade e os camarões visíveis, vistosos, elegantes, saborosos. E o molho de tomate com a salsinha e o queijo ralado delicioso. 

   Aprovamos a pedida e saimos do Sal Marinho prontos para voltar num dia que possamos bailar.
-------------------------------------------------------------------- 
Sal Marinho - Restaurante e Bar
Av Praia de Itapuã, 1670 (após o Hotel Malibu)
Vilas do Atlântico, Lauro de Freitas
Fone 71.3024-6686
Fettuccini com camarões R$59,90
Segredos de São Miguel R$97,50
Bolinhos de Bacalhau R$18,90
Água Mineral R$3,50
Aceita cartões
​Tem estacionamento próprio
Tem almoço executivo e parque infantil
Classificação 3 DONS