ter?a-feira, 25 de fevereiro de 2020
Colunistas / A Boa Mesa
Dom Franquito

DOM FRANQUITO dá adios a Montevidéu deliciando Saltimbocca alla Romana

Comida deliciosa e atendimento de boa qualidade
22/08/2014 às 14:16
Adios Montevidéu. 
   
   Pra fechar a porta da série de crônicas sobre restaurantes da capital uruguaia, yo e la señora Bião de Jesus fomos conhecer o Don Peperone. 
   
   Tem dois ou três deles na cidade e escolhemos, por comodidade, estava mais próximo do nosso hotel, o Peperone de Punta Carretas, casa belíssima com dois ou três ambientes, um mais para massas e pizzas ao rés do chão e ao ar livre envidraçado e um primeiro piso.

   A parte de baixo é mais espaçosa e diria que, feita mais, pra quem vai com a familia numerosa saborear uma pizza ou massas. Nos pareceu que as atendentes não são atenciosas para quem vai em casal, com calma e paz de espírito. 

   Claro que optamos pelo andar de cima, mais rústico, decorado ao nosso gosto, acolhedor, romântico. Bom para se bebericar um vinho e falar de amor. 

   Chiii! como estou aberto ao mundo! Nesse tempo de tantos conflitos, no Iraque, na Síria, na Faixa de Gaza, na Ucrânia, no Afeganistão, nada melhor do que falar de flores.

   No Uruguai, então, país pacífico onde até a violência urbana que se vê nas grandes cidades é quase zero, o clima fica mais agradável.

   E que clima faz neste inverno à beira do Rio de la Plata. De congelar corações. 
Então, nada melhor do que um Dom Pascual Cabernet Sauvingnon da Bodega Juanicó para desentupiar as artérias. 

   Assim fizemos nós. Felizmente encontramos um garçom muy atencioso, o que é raro nesses ambientes em que o atendente tem que subir e descer escadas.

   Como já estávamos com nosso pedido na ponta-da-lingua demos menos trabalho ao gajo. 

   Ainda não havíamos experimentado o Saltimbocca a lla Romana, finos bifes de vitela - carne rellenas de jámon curado com salsa a base de manteiga e vinho branco - e, portanto, chegou a hora de degustar esse delicioso prato.

   Avisamos ao garçom que estávamos sem pressa e a pedida poderia ser bem passada. 
Nosso avião só retornaria ao Brasil no dia seguinte. 

   Então, daria tempo para fazer um poema para a señora Bião, a qual naquele ambiente que se assemelhava a uma antiga casa romana à luz de tochas, na penumbra, estava muy graciosa.

   Seria uma italiana à minha frente? Uma senhora de Marselha? Qual nada! 

   O vinho não atrapalhava minha visão. Bebericava em goles moderados e os traços árabes de la Bion continuavam inconfundíveis.

   Antes que organizasse os primeiros versos do poema chega nosso simpático garçom com o Saltimbocca.  Não diria que abandonei o poema de vez, porque ficaria para outra oportunidade. Está tudo na cabeça. 
O momento, no entanto, era de saborear a carne da vitela.

   Humm!, muito boa.

   Después saboreamos um poster (sobremesa) chamado Don Peperone a base de biscoito com doce de leite, sorvete de creme, chantilly e calda de chocolate.

   É, depois de um manjar dessa natureza só andando à beira do Rio de La Plata.
----------------------------------------------------------
Don Peperone Restaurante
Calle Dr Luiz Alberto de Herrera, 1290
Fone 598.26286631 - 26282508
Punta Carretas, Montevidéu, Uruguai
Saltimbocca R$53,00
Don Pascual R$35,00
Poster R$18,50
Cobra 22% de IVA sobre a conta
Aceita cartão Visa internacional
​Classificação 3 DONS