quinta-feira, 13 de agosto de 2020
Direito

NOVO PRESIDENTE DO TJ DIZ QUE VAI VALORIZAR JUSTIÇA DE 1º GRAU

Os eleitos assumem a Mesa Diretora do TJBA por dois anos. A posse dos novos membros acontece no dia 3 de fevereiro de 2020, no Salão Nobre do Fórum Ruy Barbosa.
ASCOM TJ , Salvador | 05/12/2019 às 12:56
Mesa diretora constituída só por homens
Foto: TJ
  O Desembargador Lourival Almeida Trindade, eleito presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), para o biênio 2020/2022, parabenizou a forma democrática como o pleito foi conduzido nesta quarta-feira (04), pelo Pleno do TJBA.

  No discurso, após o resultado final, o Magistrado fez uma convocação cívica para que todos trabalhem lado a lado na futura gestão, para o bem do Tribunal. Ele afirmou pertencer a uma geração otimista e ressaltou a necessidade de esforços conjuntos. Sobre as ações à frente da Corte baiana, o Desembargador pretende se reunir com a Mesa Diretora para definir as estratégias, mas desde já ressaltou a necessidade de valorizar a justiça de 1º Grau.

Natural de Érico Cardoso (BA), o Desembargador Lourival Almeida Trindade graduou-se em Direito pela Universidade Federal da Bahia (Ufba) no ano de 1973. Entre 2001 e 2003, foi Conselheiro da Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Bahia (OAB-BA). Iniciou na magistratura em 2008, ingressando no Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) pela classe dos advogados. No biênio 2014-2016, foi Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. É membro do Instituto Baiano de Direito Processual Penal e autor do livro A Ressocialização – Uma (dis)função da Pena de Prisão. Atualmente, integra a 1ª Câmara Criminal.

1º Vice-Presidente – A 1ª Vice-Presidência no biênio 2020/2022 será conduzida pelo Desembargador Carlos Roberto Santos Araújo. O Magistrado afirmou estar surpreso com o reconhecimento e escolha, pelos colegas, do seu nome para compor a Mesa Diretora.

O Desembargador Carlos Roberto ingressou na magistratura em 1981. Prestou serviços no interior do Estado durante 16 anos, nas comarcas de Curaçá, Caculé e Itapetinga. Depois, mudou-se para Salvador, onde passou a trabalhar na 3ª Turma Recursal dos Juizados Especiais. Em 2006, foi convocado para juiz substituto. Em 2009, quando Titular da 77ª Vara de Substituições, tomou posse no cargo de desembargador, eleito por merecimento. Integra, atualmente, a 2ª Câmara Criminal.

2º Vice-Presidente 

 O Presidente em exercício, Desembargador Augusto de Lima Bispo, dirigiu a sessão plenária das eleições e foi eleito 2º Vice-presidente para a próxima gestão. O Magistrado avaliou de forma positiva o pleito e parabenizou todos os eleitos. Para magistrados e servidores, deixou uma mensagem de esperança e ressaltou a sua disposição em continuar contribuindo com a gestão do Tribunal

Natural de Conceição da Feira, o Desembargador Augusto de Lima Bispo graduou-se em Direito pela Ufba, em 1977. Iniciou a carreira na magistratura na Comarca de Palmeiras, em 1986. Atuou nas comarcas de Muritiba, Itaberaba, Cruz das Almas e São Francisco do Conde, antes de chegar à capital baiana. No interior, atuou como juiz eleitoral em todas as comarcas onde exerceu a judicatura. Em 2011, foi promovido a Desembargador. Foi eleito para a 1ª Vice-presidência do TJBA para o biênio 2018–2020. Desde novembro de 2019, atua como Presidente em exercício da Corte baiana.

Corregedor Geral da Justiça – Eleito para como Corregedor Geral da Justiça, o Desembargador José Alfredo Cerqueira da Silva comentou sobre o momento atual do TJBA e assumiu o compromisso de trabalhar para melhorar a imagem do Judiciário baiano, atuando em sintonia com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ).
 
Natural de Cacimbinhas/AL, o Desembargador José Alfredo Cerqueira da Silva formou-se em 1975 na Universidade Federal de Alagoas. Ingressou na magistratura no ano de 1981 e atuou nas comarcas de Ubaitaba, Rio Real, Riachão do Jacuípe, Lauro de Freitas e Condeúba. Tornou-se Desembargador no ano de 2011 e já ocupou o cargo de presidente da 2ª Câmera Criminal e também o de presidente da 2ª Turma da 2ª Câmera Criminal. Atualmente, integra a 2ª Câmara Criminal e é presidente da Comissão de Segurança do Tribunal de Justiça da Bahia.

Corregedor das Comarcas do Interior – Para a Corregedoria das Comarcas do Interior foi eleito o Desembargador Osvaldo de Almeida Bomfim. Na gestão 2016/2018, ele ocupou o cargo de Corregedor Geral da Justiça. O Magistrado atribuiu o resultado do pleito ao trabalho desenvolvido e afirmou que espera contar com a colaboração dos colegas.

Baiano de Castro Alves, o Desembargador Osvaldo Bomfim graduou-se em Direito pela Ufba em 1973, advogou por oito anos e ingressou na magistratura em 1982. Atuou como Juiz nas comarcas de Una, Amargosa, Coaraci, Ilhéus e Santo Antônio de Jesus. Promovido para a capital em dezembro 1992, atuou em varas cíveis e como juiz auxiliar da Corregedoria. Foi titular da 9ª Vara Cível, da Vara de Auditoria Militar, do primeiro juízo da 1ª Vara do Tribunal do Júri e da 1ª Vara de Execuções Penais. Era juiz convocado para substituir desembargadores desde 1995. Assumiu como desembargador do TJBA no dia 16 de outubro de 2013. No biênio 2016-2018 foi Corregedor Geral da Justiça. Integra, atualmente, a 4ª Câmara Cível.

Os eleitos assumem a Mesa Diretora do TJBA por dois anos. A posse dos novos membros acontece no dia 3 de fevereiro de 2020, no Salão Nobre do Fórum Ruy Barbosa.