segunda-feira, 16 de setembro de 2019
Cultura

José Umberto lança “Revoada” nesta sexta (27) na Semana Audiovisual

Vide
Ascom SA , Salvador | 26/09/2014 às 10:21
Aldri Anunciação e José Humberto
Foto: DIV
O filme “Revoada”, longa-metragem de José Umberto Dias, tem pré-estréia nesta sexta-feira, dia 26, às 19h, na sala Walter da Silveira (Barris) na Semana do Audiovisual Baiano Contemporâneo. O filme conta a história de vingança  dos cangaceiros após a morte do líder Lampião. No elenco, estão nomes como Jackson Costa, Analu Tavares, Aldri Anunciação, Gil Tavares e Nelito Reis. A entrada é franca.



O filme é resultado da pesquisa de mais de 20 anos realizada por Zé Umberto sobre o cangaço. O filme acompanha os dias subsequentes à emboscada que matou Lampião, quando o grupo, revoltado com o trágico acontecimento, decide partir para uma vingança alucinada. O dilema é se entregar ao governo ou lutar. Perseguido pela polícia, o grupo vive uma série de conflitos. A fuga, através das pedras, é caracterizada pela tensão, amizade, resistência, violência, sonhos, amor e medo da morte no período do crepúsculo do cangaço.
 
O cineasta José Umberto Dias fez seu primeiro longa de ficção “O Anjo Negro”, em 1972. Ao longo dos anos 70 produziu filmes documentais em super-8. Entre 1976 e 1977 foi coordenador da Imagem e do Som da Fundação Cultural do Estado da Bahia. Nos anos 80 e 90 realizou vários vídeos documentais para a TVE-Bahia/Irdeb, dentre os quais “Monte Santo - O Caminho da Santa Cruza”, “Salvador em Película - Um Século de Memória”, “Memória em Película - A Bahia e o Estado Novo”, “A Capoeiragem na Bahia” e “O Povo do Carnaval”. José Umberto Dias é também crítico de cinema, ensaísta, ator, roteirista, escritor, dramaturgo e poeta. Em 1984 escreveu e dirigiu o espetáculo teatral O Beijo Final. Em 2005 foi contemplado com o prêmio de estímulo à produção cinematográfica de baixo orçamento do Ministério da Cultura para a realização do longa “Revoada”.
 
Além do filme de José Umberto Dias, cerca de 100 filmes produzidos na Bahia neste século estão em cartaz na Semana do Audiovisual Baiano Contemporâneo, de 26 a 28  (sexta, sábado e  domingo). A entrada é gratuita para os filmes nas salas Walter da Silveira e Alexandre Robatto (Barris) e têm ingressos preços populares (R$ 4,00 (inteira) e R$ 2,00 (meia)  para os filmes nas salas do Circuito Saladearte: Cinema do Museu (Vitória) e Cine Vivo (Paseo/Itaigara), com exceção do filme “Quincas Berro D'Água, de Sérgio Machado, no domingo, dia 28, às 20h, no Cine Vivo (Paseo/Itaigara), que tem entrada gratuita.
 
A programação completa com os horários de cerca de 100 filmes que estão em cartaz na Semana do Audiovisual Baiano Contemporâneo está no site www.cultura.ba.gov.br e no blog semanadoaudiovisualbaiano.wordpress.com  Esta é mais uma realização das secretarias estaduais de Cultura e de Comunicação/IRDEB e Ministério da Cultura, com apoio de várias instituições parceiras.
 
SERVIÇO:
O QUÊ: lançamento do longa metragem “Revoada”, de José Umberto Dias
QUANDO: dia 26/09 (sexta)
HORAS: 19h
ONDE: Sala Walter da Silveira