quinta-feira, 13 de agosto de 2020
Bahia

DUAS VERSÕES PARA MORTE DO PM STELIO GOMES DA SILVA EM JEQUIÉ

SSP diz que Stélio morreu ao sentir mal durante corrida de rua e o Jequié Repórter diz que teve crise renal
Da Redação , Salvador | 05/12/2019 às 18:17
Stgelio Gomes
Foto: JR
   Em nota da SSP, a "Polícia Militar da Bahia lamenta profundamente a morte do soldado Stelio Gomes da Silva, 49 anos", na noite desta quarta-feira (4), no município de Jequié.

  O militar se sentiu mal durante uma corrida de rua que participou, no último domingo (2), como voluntário do pelotão representativo da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe)/Central, unidade na qual era lotado. Ele foi socorrido para o Hospital Geral Prado Valadares e ontem à noite não resistiu.

  O sepultamento será realizado nesta tarde no cemitério Mansão da Saudade em Mundo Novo, cidade onde nasceu. Há 16 anos na corporação, o policial militar deixa esposa e duas filhas.  

  JEQUIÉ REPORTER

  O policial militar Stélio Gomes da Silva, lotado na CIPE CENTRAL (Companhia Independente de Policiamento Especializado), em Jequié, faleceu na manhã desta quinta-feira (05) no Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, para onde havia sido socorrido depois de passar mal no início da semana decorrência de uma crise renal tendo permanecido internado na unidade de saúde.

    Stélio era natural do município de Mundo Novo foi velado até as 11h,  no velatório da Pax Internacional, em Jequié, de onde foi transladado para sepultamento em sua terra natal.

   Em nota, o Comandante da Cipe Central, o Major Fábio Rodrigo, lamentou a morte do soldado: ”Que Deus em sua infinita bondade e misericórdia, possa derramar o seu Bálsamo de consolo e paz aos familiares, amigos e a todos os integrantes da Polícia Militar, em especial ao 19° BPM / Jequié, Colégio da Polícia Militar Jequié, CIPE CACAUEIRA e CIPE CENTRAL, que tiveram ao longo dos anos o prazer de conviver com esse grande, amigo e leal COMBATENTE”.