quinta-feira, 12 de dezembro de 2019
Bahia

Lauro: Sistema de esgotamento sanitário é apresentado em Ipitanga

As obras foram iniciadas em 2011 e devem ser finalizadas em 2022
Imprensa Lauro , Lauro de Freitas | 31/10/2019 às 19:59
Sistema de esgotamento sanitário é apresentado em Ipitanga
Foto: Danilo Magalhães
A Prefeitura apresentou os detalhes das obras de implantação do sistema de esgotamento sanitário de Lauro de Freitas durante a 19ª reunião do Planos de Bairro, realizada na noite desta quarta-feira (30), em Ipitanga. As obras foram iniciadas em 2011, paralisadas um ano depois por ordem judicial, retomadas em 2017, e devem ser finalizadas em 2022.
A estação mãe do sistema já está praticamente finalizada. Em 2020 serão iniciadas as obras das 12 estações elevatórias de um total de 26. Todo o sistema de esgotamento sanitário deverá ficar pronto em até três anos, e vai atender a 80% do município. Os recursos para os outros 20%, cujo projeto já está pronto, deverão ser captados pela Prefeitura e pelo Governo do Estado, responsável pela execução da obra.
Durante o encontro, que contou com a presença da prefeita Moema Gramacho, de secretários municipais e vereadores, também foi apresentado o projeto executivo de requalificação da Orla de Ipitanga, já concluído e aguardando autorização judicial para o início das obras. O projeto está sendo apreciado pela Justiça federal desde setembro de 2017. Até a decisão, a Prefeitura não pode realizar nenhuma intervenção na Orla.
A pavimentação das ruas Joaquim Cruz Rios e Vereador Valdemir Bastos, que será iniciada nos próximos dias, e as ações realizadas pela gestão municipal para limpeza do Rio Sapato, que já mostra excelentes resultados, também foram levantados durante a reunião. A macrodrenagem do canal da Avenida Brigadeiro Mário Epinghaus, que já têm recursos assegurados e deve ter licitação publicada em breve, foi comemorada pelos moradores, que também sofrem com os alagamentos ocorridos na região.
Morador do bairro há mais de 30 anos, o jornalista Mário Preto considerou a oficina do Planos de Bairro um canal importante de contato entre a Prefeitura e os moradores do município. Para ele o encontro também ajuda a gestão a conhecer melhor as prioridades dos moradores de cada bairro. Mário também destacou que a expectativa é que a Prefeitura atenda às solicitações apresentadas pelos participantes.
As oficinas do Planos de Bairro são um instrumento do Plano Diretor de Desenvolvimento Municipal (PDDM) e tem o objetivo de ouvir a população de todos os bairros do município, suas críticas, sugestões e prioridades, garantindo desta forma a participação direta dos cidadãos e cidadãs laurofreitenses nas ações que serão realizadas pela gestão municipal nos próximos dez anos.