quinta-feira, 02 de abril de 2020

MORRE BONFIM, O PINTOR QUE USAVA A PORTA DA CATEDERAL COMO ATELIÊ

Reginal Bonfim faleceu esta madrugada, no HGE
| 03/05/2007 às 18:09
   Morreu na madrugada desta quinta-feira, 3, o pintor naif Reginaldo Bonfim, o mago das tintas que durante anos das décadas de 1980/90 se utilizou de um dos pórticos de entrada da Catedral Basílica da Sé como seu ateliê.

   Bonfim, como era conhecido, tinha uma característica especial ao pintar figuras e paisagens da Bahia, com um traço primoroso apesar de ser autodidata.

    Muitos de seus quadros foram vendidos no local onde trabalhava e outros tantos deu-os quase de graça, dada a genialidade de sua obra. Suas telas contendo imagens de anjos e querubins são admiráveis.

    No Restaurante Porto Moreira tem um ou dois dos seus quadros, na CGC cafeteria da Praça da Sé também podem ser vistas algumas de suas telas, e muitas outras estão espalhadas pela Bahia e pelo Brasil.

   Bonfim sofria de perturbações mentais e foi amparado por seu anjo da guarda, Clarindo Silva, proprietário da Cantina da Lua.

   Faleceu no HGE e seu enterro será na sexta-feira, às 9h, em Quintas.