quarta-feira, 19 de junho de 2019

FEIRA DE SANTANA SE CONSOLIDA COMO MAIOR PÓLO FESTAS JUNINAS BAIANAS

vide
| 29/06/2009 às 17:12
Prefeito Tarcízio fala para uma multidão no São Pedro de Humildes que encerrou hoje
Foto: Cau Preto

Praças e ruas tomadas por multidões, barraqueiros comemorando os resultados, forrozeiros cansados e felizes. São um conjunto de situações que na opinião do prefeito Tarcízio Pimenta refletem os bons resultados dos festejos juninos de Feira de Santana.

O ciclo de festas juninas foi encerrado na manhã desta segunda-feira (29), em Humildes, com o São Pedro. Antes, o fole roncou no Arraiá do Comércio, no São João de São José, em Maria Quitéria, no Arraiá de São Vicente, em Tiquaruçu, e nos festejos de São Pedro de Bonfim de Feira e de Jaíba.


Milhares de pessoas se divertiram nos quatro pólos festivos, de acordo com a Secretaria de Cultura, Esportes e Lazer. "Investimos muito nos festejos juninos deste ano e vamos continuar com esta determinação em 2010", disse Tarcízio Pimenta. "O Município fez, e bem, a parte dele e o povo correspondeu", considerou.


Os números consolidam Feira de Santana como o principal pólo regional dos festejos juninos. O forró rola solto em mais da metade dos dias do mês de junho. Com organização, estrutura eficiente e boas contratações, a cidade está atraindo para seus arraiais pessoas de toda região.


 De acordo com o prefeito, no próximo ano haverá maior interação entre o Município e os forrozeiros. "O que a gente quer é ouvir estas pessoas para, a partir daí, tomarmos as decisões com o objetivo de tornar estas festas ainda mais populares. Serão opiniões que nos balizarão na preparação das festas, por exemplo", disse.


Ele destacou a tranquilidade das festas. "Feirenses e visitantes foram aos arraiás com o firme propósito de se divertir e encontraram situação ideal. Atrações de nível nacional e infra-estrutura adequada para que extravasassem suas energias. Conseguimos fazer uma grande festa. A nossa meta é superar os resultados conseguidos neste ano", afirmou.
 

SÃO PEDRO

As bandas Cavaleiros do Forró e Arreio de Ouro confirmaram as expectativas - que estão virando quase um lugar-comum: lotaram os mais de 300 metros de avenida na última noite do São Pedro de Humildes. Milhares de pessoas se divertiram até as primeiras horas da manhã desta segunda-feira (29).


Elas ratificaram o que foi constatado nos dois primeiros dias da festa: arraial lotado de forrozeiros. A noite também foi animada pelas bandas Marrom Glacê, Capim Molhado, Zé Augusto e Junior, Rayla, Delírios do Olhar, Forró da Vaqueirama e Garota Fatal.


A Cavaleiros do Forró é uma das bandas mais tocadas no Nordeste no período junino - mas a presença da banda potiguar ao longo do ano é expressiva. E mais uma vez em Humildes mostrou toda sua competência para animar a multidão. Sua especialidade é vaneirão, forró eletrizado e o forró trieletrizado. O ecletismo é uma das suas marcas.

Eliza, Ramon e Jailson dão conta, e muito bem, do recado. A empatia com o público é instantânea. A troca de energia é intensa. É a resposta do público é imediata. A multidão canta, dança, pula. Diverte-se muito. No palco, o desempenho é dos melhores.


A banda pernambucana Arreio de Ouro é eclética. Toca do vaneirão ao forró de vaquejada, passando por xote e o forró elétrico. Apresentou-se pela primeira vez no São Pedro. E o sucesso, pela resposta do público, foi grande. Foi uma festa de vaquejada.


O grupo é acostumado em tocar para multidões. Em Humildes encontrou milhares de forrozeiros dispostos a curtir com intensidade até os últimos minutos do grande São Pedro.