segunda-feira, 15 de outubro de 2018
Saúde

Mulheres em tratamento contra câncer encontram apoio nas praças do CEU

Esqueço tudo quando estou no CEU, diz Luciene
Da Redação ,  Salvador | 11/10/2018 às 18:23
Luciene da Cruz
Foto:


Interação social, hábitos saudáveis e auto-estima elevada são fatores fundamentais para a qualidade de vida de qualquer pessoa e indispensáveis para quem está encarando um tratamento contra o câncer. Neste sentido, as praças do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) estão desenvolvendo atividades voltadas especialmente a mulheres que estão realizando tratamento contra o câncer de mama. A iniciativa faz parte do Outubro Rosa.  

Nos equipamentos são realizadas várias atividades, como  oficinas culturais do programa Arte de Viver, aulas de ginástica localizada, palestras, entre outras. As praças CEUs também fazem o intermédio para o acompanhamento com o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de cada bairro. O objetivo é ajudar a mulher a se restabelecer na sociedade. 

“O CRAS tem um papel social de acompanhar as famílias e direcionar no que é necessário para a manutenção desta, garantindo a interação com a comunidade. Com isso a gente apresenta as atividades genuínas da praça, onde temos uma equipe formada para prestar serviços para este público do CRAS e CEU”, informa Lay Ribeiro, coordenadora do CEU Cidade Nova.

Esqueço tudo quando estou no CEU, diz Luciene

Uma das alunas do CEU Aviário, Luciene da Cruz, 50, foi diagnosticada com câncer de mama recentemente. Ela diz que o apoio que recebe dos professores e colegas no CEU tem sido importante para sua recuperação. “Depois que comecei a fazer as atividades físicas, mesmo que esteja sentindo dor, chego aqui passa tudo, melhora minha autoestima e nem lembro do meu problema. Esqueço que estou de lenço, de chapéu, esqueço tudo. E as pessoas também são acolhedoras, as professoras são excelentes”, conta a aluna.

Luciana destaca importância do acolhimento humano

Depois de passar por dois diagnósticos, Luciana de Castro se mudou para Feira de Santana. E descobriu no CEU Cidade Nova a importância do acolhimento humano para quem está enfrentando o câncer. “Estou aqui quase todos os dias. Venho e elimino o estresse. Se as pessoas tivessem noção da riqueza que é você ter esse contato, poder conversar, rir. Temos que aprender, e eu aprendi”, relata.

Trabalhar o pensamento positivo

A coordenadora do CEU Cidade Nova, Lay Ribeiro, explica que o maior desafio é trabalhar o pensamento positivo entre as mulheres diagnosticadas. “Estamos sempre reafirmando que o CEU está sempre de portas abertas esperando que elas venham fazer as atividades físicas e das oficinas, para melhorar o seu dia a dia e superar qualquer situação negativa. É uma conexão que tem dado resultado”, explica.

As atividades nas praças do CEU, alusivas ao Outubro Rosa, seguem durante todo esse mês.