segunda-feira, 15 de outubro de 2018
Cultura

Um passeio pelos melhores museus do Brasil. Programe sua visita.

Para visitar Inhotim, o ideal é se hospedar em Belo Horizonte e de lá pegar um ônibus ou alugar um carro. Brumadinho fica a uma hora da capital.
NF , RJ | 12/10/2018 às 09:28
MAC de Niterói
Foto:
O Brasil é um país conhecido por suas belezas naturais, mas para quem gosta de museus e passeios culturais, há boas opções em diversos estados do país. 

Inhotim, por exemplo, na cidade de Brumadinho, em Minas Gerais, é o maior museu a céu aberto da América Latina. Reúne trabalhos dos principais artistas contemporâneos do Brasil e do mundo. O museu fica em um parque e o passeio fica mais agradável se feito no verão. Muitas das obras são instalações interativas e os visitantes podem alugar um carrinho caso andar pelo parque. O local também conta com boas opções de restaurante e lojas. 

Para visitar Inhotim, o ideal é se hospedar em Belo Horizonte e de lá pegar um ônibus ou alugar um carro. Brumadinho fica a uma hora da capital.

Em São Paulo, a pedida é o Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand, também conhecido como MASP. É um dos mais importantes do país, fundado em 1947 pelo empresário e mecenas Assis Chateaubriand. O MASP tem um acervo fixo de obras de vários séculos e nacionalidades com exposições rotativas. 

O prédio em si já uma atração, projeto arquitetônico de Lina Bobardi, com um dos maiores vãos sem colunas do mundo. O museu fica na Avenida Paulista, uma das principais avenidas de São Paulo. 

E por falar em projeto arquitetônico, o MAC de Niterói tem assinatura de Oscar Niemeyer. O museu foi inaugurado em 1996, inspirado em um disco voador e logo se tornou atração turística da cidade. 

Além do acervo fixo, aos sábados há visitas guiadas em vários horários. Para se chegar ao MAC, as opções são as Barcas para o centro de Niterói, as linhas de ônibus que cruzam a ponte Rio-Niterói ou alugar um carro. 

Além do MAC, os fãs do arquiteto ainda têm o Museu Oscar Niemeyer em Curitiba. Seu projeto também foi realizado pelo arquiteto e tem mais de 17 mil metros quadrados de área de exposição, considerada uma das maiores da América Latina. Foi inaugurado em 2002.

No Nordeste, o Instituto Ricardo Brennand é uma das instituições culturais brasileiras mais reconhecidas no mundo. Inaugurado em 2002, o prédio é inspirado nos castelos medievais europeus e cercado por uma grande área de mata atlântica. O local tem um amplo acervo artístico e histórico, com armaduras, armas e outros objetos originais da Europa medieval e da Ásia. 

Para se chegar ao museu o ideal é pegar um táxi ou alugar um carro em Recife. Não há opção de transporte público para o local. 

Seu destino é o Sul do país, a Fundação Iberê Camargo tem o objetivo de preservar e estimular reflexões sobre a obra do artista brasileiro que lhe dá o nome. No espaço, educadores e profissionais transdisciplinares das ciências humanas realizam programas públicos com o objetivo de fomentar a cultura. 

Para se chegar lá é possível ir de carro ou aproveitar uma das linhas de ônibus que passam próximas à Fundação.