04/03/2013 às 20:17

TEIXEIRA DE FREITAS quer funcionamento do aeroporto e duplicação BR101

Sobre o aeroporto, a promessa é que a conclusão seja feita em seis meses e em relação à segurança pública, citou investimentos feitos no setor na região, visando a diminuir a violência.

Prefeito Bosco e o governador Wagner, em Teixeira
Foto: DIV

Em solenidade realizada na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), foi inaugurada pelo governador Jaques Wagner, no último final de semana, a primeira etapa da ampliação do sistema de esgotamento sanitário de Teixeira de Freitas. Financiada com recursos da Embasa e BNDS, a obra teve um investimento de R$ 11 milhões, através do Programa de Aceleração do Crescimento, e beneficiará cerca de 13 mil habitantes.

“A segunda parte já está em andamento, com novo investimento de R$ 76 milhões, mas, desta vez, aplicado pelo Governo do Estado”, afirmou Wagner, acompanhado de secretários de Estado, deputados e autoridades regionais, além do presidente da Embasa, Abelardo de Oliveira Filho.

Segundo explicou o prefeito João Bosco, as duas etapas somam a cobertura de 75% de saneamento básico no município, “um marco no desenvolvimento de saúde e proteção do meio ambiente”. Sobre o andamento desta segunda fase, disse ter recebido críticas e certa pressão por conta dos transtornos causados, o que, no seu entendimento, é inevitável: “Não é possível fazer uma obra dessa dimensão sem causar transtornos” afirmou, acrescentando que é “interessante pensar na grandeza da obra, que pretende devolver aos rios condições ambientais adequadas”.

Representando os prefeitos regionais, Bosco ainda reivindicou o funcionamento do aeroporto, a duplicação da BR-101 e expôs problemas ligados à segurança pública na região. O governador se comprometeu a atender aos pedidos, ao observar a grandeza do Extremo Sul. Quanto à duplicação da BR-101, Wagner confirmou o andamento do projeto no DNIT, para ampliação da rodovia em duas etapas: a primeira no trecho Mucuri/Eunápolis e a segunda entre Eunápolis/Feira de Santana.

Sobre o aeroporto, a promessa é que a conclusão seja feita em seis meses e em relação à segurança pública, citou investimentos feitos no setor na região, visando a diminuir a violência.

O governador sinalizou também interesse em atender nos próximos meses
outros pedidos feitos por Bosco, como o asfaltamento das ruas na sede do município, a implantação do sistema de esgotamento sanitário nos distritos e a conclusão do estádio de futebol.